Vantagens do cartão de crédito internacional


Já escrevi vários posts sobre compras internacionais e algumas leitoras - inclusive a própria Lucy - comentaram que não têm cartão de crédito internacional e por este motivo, não podem fazer suas comprinhas em sites do exterior. 

Bom, cada pessoa tem os seus motivos para não ter esse cartão, mas se a dificuldade for apenas por não saber como funciona ou como adquirir um, hoje vou abordar esse assunto e esclarecer um pouco as dúvidas a respeito.


Você pode até pensar: “não costumo fazer viagens internacionais, para que ter um?" 

O cartão de crédito internacional não serve somente para ser utilizado em viagens. Você pode também fazer compras aqui mesmo no Brasil, em sites internacionais, seja pagando direto com seu cartão ou através do PayPal (um dos meios mais seguros para se fazer compras internacionais. Este será um dos nossos próximos assuntos).

Vou pagar mais pela anuidade?

Sim, ela costuma ser maior que a dos cartões nacionais, mas você pode negociar com o gerente do seu banco ou diretamente com a administradora do cartão. A anuidade é negociável, sempre. Dependendo, você pode ter até anuidade zero. Eu negocio todo ano e nunca preciso pagar a anuidade.

O que preciso para solicitar um cartão internacional? Preciso ter conta em algum banco?

Se você tiver uma conta bancária, é mais fácil. Converse com o gerente da sua agência, negocie a anuidade e o limite.

Se você não for correntista de nenhum banco, ainda assim, você poderá ter um cartão de crédito internacional. Será um pouco mais complicado, mas nada impossível.

Condições essenciais:
- Você deve ter mais de 18 anos (ou 16, se emancipado/a);
- Deverá comprovar renda;
- Deverá apresentar também comprovante de endereço.

Se você não trabalha, mas estuda, você poderá ter um cartão universitário. Muitos bancos oferecem esta opção, mas o limite é bem pequeno. A anuidade também é baixa e, em muitos casos, nem é cobrada.
Não é o ideal, mas é a melhor opção neste caso. Até porque, se você não tem renda própria, melhor não gastar muito (vai sobrar para alguém: pais, marido, etc)

Outra opção é você ter um cartão adicional de alguém que já possua um cartão internacional. Pode ser de seu marido, noivo, pais... O titular do cartão é que define se o limite será compartilhado com o dele ou se você terá um limite pré determinado.

Qual o melhor: Visa, Mastercard, American Express ou Diners?



As bandeiras de cartões mais aceitos em lojas, hotéis, restaurantes e sites internacionais são Visa e Mastercard. Ambos são ótimos. Já o American Express e o Diners têm aceitação mais restrita.

Como funciona um cartão de crédito internacional?

Se você já possui um cartão de crédito nacional, você verá que é praticamente a mesma coisa, o que muda realmente é a abrangência do cartão. Enquanto o nacional é válido apenas para compras no território brasileiro, o internacional pode ser utilizado tanto aqui no Brasil quanto em qualquer outro país. Inclusive para compras nos sites internacionais, feitas aí mesmo, no conforto da sua casa.

Importante: antes de usar seu cartão, veja com o banco, para liberar a compra pela internet, senão, a transação não será concretizada.

Outra dica: quando você viajar, ligue para o banco ou administradora 72 horas antes e libere o cartão para as compras no exterior. Normalmente ele fica bloqueado para este uso, por medida de segurança. Faça isso entes de cada viagem, para não ter a surpresa de ter o seu cartão bloqueado.

Cada cartão funciona de um jeito. Meu marido tem cartão do Banco do Brasil e ele só precisa ir a um terminal e liberar o uso internacional.
O meu cartão é do Bradesco. Toda vez que viajo, eu ligo para o banco, aviso as datas e locais em que estarei e o cartão só é liberado para compras nestes lugares e nas datas informadas. Depois ele volta a ser bloqueado. Eu acho isso ótimo. É uma grande segurança para mim.

Aproveito e peço também uma liberação emergencial de limite, que é de 10% do meu limite normal. Se eu ultrapassar, além de não ter a compra não autorizada, não pagarei juros por ultrapassar um pouco o limite. Normalmente eu não chego a usar esse limite extra, que volta ao normal assim que eu retorno. 

Como é feita a cobrança das compras internacionais?



Tanto as compras feitas no exterior quanto as realizadas em sites, a administradora converte os valores em dólares (moeda universal). No dia do fechamento da fatura, ela converte em reais, utilizando a cotação do dia, do dólar comercial. 
Quando você efetuar o pagamento, a administradora vai utilizar a cotação do dia do pagamento e finalizar a sua compra. Se houver diferença a maior ou a menor entre o dia do fechamento da fatura e o dia do pagamento, essa diferença será compensada na próxima fatura.

É cobrada alguma taxa?

Infelizmente sim, é cobrado o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), que atualmente é de 6,38%. Este percentual mudou em 2011, antes era de 0,38%.
Mesmo assim, ainda vale a pena, pois se você viajar e comprar dólares, comprará pelo valor do dólar turismo (que é maior que o comercial) e ainda pagará a comissão das casa de câmbio. 

Nos free shops dos aeroportos brasileiros você pode comprar com seu cartão de crédito internacional e converter na hora em reais. Neste caso, você ficará isento da taxa de 6,38%. E, conforme o valor e a bandeira do cartão, sua compra poderá ser parcelada em até 6 vezes, sem juros. Mas isso, só nos free shops de aeroportos nacionais. Nos free shops internacionais, valerá a regra geral.

Onde posso usar meu cartão internacional?

Você pode comprar as passagens aéreas (dependendo do cartão, você terá ainda seguro saúde grátis), usar na reserva de hotéis, aluguel de carro, compra de passes de trem, saques em caixas eletrônicos no exterior, compras em lojas, shoppings, free shops, bares, restaurantes, enfim, em todo ligar que você for, será muito mais prático pagar com cartão. Pagamentos com cartão costumam ser aceitos com menos desconfiança do que se você pagar cash, com uma ou até mais notas de 100 dólares, por exemplo. Isso sem falar na segurança: você não precisa andar com muito dinheiro na carteira.



Mas, se você não tem viagem para o exterior programada, pode usar seu cartão internacional para fazer excelentes compras online, inclusive nos sites que eu já indiquei.

Então, este post lhe ajudou a esclarecer suas principais dúvidas? 

Beijos,
Ana
Viagens e Beleza