Chega de piolho na fase escolar!!

Chega de piolho na fase escolar!!

Oi gente! Tão boas?

Vocês também já cansaram da piolhada? Olha… vou te contar!! Só de começar as aulas já penso em como vai ser o ano todo…

E pensar que tem um de 3 anos que nem esta na escolinha ainda!!! Imagina…

Minha filha de 10 anos ainda pega piolho, tem o cabelo super volumoso e grosso que até aqueles pentes de ferro enroscam num fio de cabelo, é uma tortura pra ela tanto quanto é pra mim ver os fios quebrando quando puxa, e não adianta, passa creme que mesmo assim enrosca em um ou outro fio, mas parece que só o pente fino deixa os “mardito” bicho longe do fio.

A parte de lêndeas é a pior, porque mesmo que tire os piolhos aquele “trocinho” branco gruda no fio e tenta puxar deles pra ver… a minha não suporta que mexa no cabelo dela quando o assunto é esse: lêndeas.

Com o menino, até da pra cortar o cabelo curtinho e controlar mais, agora e a menina? Não dá pra raspar, tosar, aparar... mesmo porque ela me mataria se o corte chanel chegasse as orelhas, ela ia chorar no meu ombro no mínimo umas duas semanas, e se alguém falar mal do cabelo dela... compre calmante pra você aguentar o choro! A coisa vai ficar feia!

Vamos entender, com respeito aos animaizinhos... esse "engraçadinho" que passa de filho pra mãe, irmão, tia, vó...etc.

Quem é o "dito"? Apresento-lhes o Sr. Piolho:



"Escolhi o mais bonitinho!"

O que é pediculose: é uma doença causada por um parasita que se alimenta de sangue, eles se escondem geralmente, atrás das orelhas e na nuca... se estiver a família inteira do piolho, ele com certeza não tem como se esconder, você vai enxerga-lo de longe!

O bicho não tem raça, classe social, ou religião... Ele pega todo mundo... compreendem!? E não pensem que comprar "piolhicidas" resolve o problema, (e comprem os que forem aprovados pelo Ministério da Saúde) porque além de alguns serem tóxicos para as crianças, os piolhinhos ainda se mostram resistentes, principalmente se usados continuamente, da mesma marca... Gente piolho é doença, e o que você passa na cabeça é  r e m é d i o!

O assunto é sério, a coceira pode machucar o couro cabeludo e a discriminação com a criança pode até afetar sua auto-estima e prejudicar o rendimento na escola.

Vamos arrumar algumas técnicas práticas e solucionáveis antes de chegar a comprar os remédios.
  • Se percebeu que a criança está com piolho, não chore, penteie com pente fino todos os dias, e claro pra isso a lavagem do cabelo da criança tem que ser com shampoo e condicionador, se não o pente não passa nem na franja!!!
  • Aquela receitinha de jogar vinagre no cabelo, e esperar um pouco, e depois passar o pente fino, dava certo na gente, porque não vai dar com nossos filhos? Faz uma saladinha... rsrs.
  • Mesmo que passe qualquer  shampoo ou loção para piolho, as lêndeas ficam e com elas o problema vai ser manual, se sua unha não estiver grande para pega-la, o problema vai se arrastar por muito tempo, uma opção é colocar talco no cabelo para fazer elas escorregarem;
  • Cabelo preso nas meninas, antes de ir pra escola é sinal de higiene, não espere a professora falar "prenda o cabelo de sua filha", faça isso todos os dias, e não se comova com o choro deles, afinal o bem não é só para as crianças e sim para a família toda.
  • Se o produto para matar o parasita já é utilizado com cuidados, imagina inseticida, não use produtos para pulgas no cabelo da criança... o dever é cuidar do filho e não expo-lo a qualquer meio de produto que em vez de fazer bem pode deixa-lo mal.
  • Seja cuidadosa com roupa de cama e pentes, tudo o que manusear vai ser passado pra você, a cada um o seu pente, ou então lave-o antes de usar...
  • Chá de arruda e passar na cabeça da criança é uma daquelas receitas da minha época e que até hoje dão certo!
  • Tem vários shampoos e loções que devem ser receitado por um médico, principalmente os que são tomados em forma de comprimidos.
Bom da ultima vez eu comprei um remédio, mas não lembro o nome e também não iria indicar se soubesse, porque sabe como é, filho da gente é complicado, cada mãe conhece seu filho, tem seu pediatra, então a melhor opção é procurar o médico deles mesmos, esse remedinho vem dois na caixa que eu me lembre, ela tomou um e não adiantou nada, parece que foi pior, e depois no outro mês tomou de novo e daí sim resolveu mais…

Mesmo assim a bicharada não acabou, pior… começou as aulas, e vou ter que leva-la novamente ao médico pra ver se troco o remédio ou mesmo uma loção que funcione, porque as que tenho usado são só fortificantes para essas pragas.

Não é um bicho de "sete cabeças", é uma doença ocasionada por parasita e deve ser tratada como qualquer outra doença!

Piolho não tem nada a ver com higiene, qualquer um pode pegar, não tira-lo sim... é falta de higiene!

Beijos