Do Platina ao Cinza com tinta de cabelo - Retrospectiva 2015



Oi gente! Tão boas? Todo ano acabo testando tinturas de cabelo diferentes pra manter o loiro e nesse caso passei do platinado ao acinzentado com a tinta de cabelo, não trata-se só de testar marca nova, a busca é pela cor que me agrada, pela durabilidade e fixação dessa tinta de cabelo. É a mesma dúvida de muitas meninas que muitas vezes não querem usar uma tintura sem saber e por isso acabam pedindo indicações sobre as melhores tintas de cabelo aqui no blog.

Meus testes com cada uma das tinturas acaba auxiliando quem nunca usou e pode ajudar melhor na escolha da marca.


Vale apenas lembrar aquelas que pintam de loiro mês a mês que:

  1. O fundo de cabelo fica amarronzado pelo excesso de resíduos de tintura, coisa que não é problema de uma tinta, mas de tinta sobre tinta mês a mês ( e só sai com descoloração);
  2. Tem diferença a tinta com o seu tipo de fio, assim, mesmo o cabelo sendo já loiro de tintura a cor pode ficar diferente por conta do fio ser mais grosso ou mais fino;
  3. Também é um problema do loiro alaranjar mais rápido. Quem tem cabelo mais grosso é preciso forçar melhor a matização. Esse negócio de alaranjar não é problema da tinta e sim do seu próprio cabelo, fundo de clareamento;

Não confundam a cor, e a durabilidade da tintura com a falta de cuidados.

  1. Qualquer cor desbota mais rápido com o uso de chapinha diária sem proteção;
  2. Qualquer cabelo oxida mais rápido e desbota se o cabelo já esta danificado e não vier sendo tratado;
  3. Qualquer cor desbota mais rápido sem proteção no cabelo, é leave-in meninas, que contém silicones de proteção e selagem da cutícula. Tudo isso faz diferença na durabilidade da cor.

Do Platinado ao Cabelo cinza mês a mês

O cabelo cinza foi uma escolha minha depois que testei a 11.11 da Alfaparf e venho mantendo assim, aliás convém afirmar que o cabelo acinzentado, ou cinza "granny hair" é mais fácil de manter do que o cabelo branco ou mesmo o amarelinho do platinado.

K- Pro – 12.89

Subestimei a tinta profissional da K-Pro achando que seria a mesma coisa que as tinturas que compro aqui nas lojas de cosméticos mas não é. A parte "profissional" do rótulo esta na qualidade e vê-se que só a Ox de 30 volumes com a bisnaga de tintura abriu o tom da raiz bem mais que outras com essa volumagem de Ox. É sim uma tintura promissora para vendas nas lojas físicas e larga distribuição!


Nutrisse 7.1


Pois é, mulher tem dessas de querer apagar o cabelo quando esta muito claro e não deu outra! Depois da 12.89 da K-Pro e muito matizador e cabelo bem claro, ofuscante na verdade preferi me jogar na 7.1 mas como Banho de Brilho pra ver se apagava essa cor um pouco, e literalmente apagou, até demais, porém a durabilidade foi péssima, até porque banho de brilho não tem duração de tintura ainda mais matizando! A cor ficou por pouco tempo e logo surgiu o dourado, e ficou parecendo um 8.3 amarelado mesmo.


Alfaparf 11.10


A Alfaparf abriu muito a cor que estava anteriormente ( embora a durabilidade da Alfaparf seja ruim, essa tintura com ox de 30 vol. consegue abrir bem a cor do cabelo) e deixou a cor platinada, naquele amarelinho de tom 12 que a gente já conhece. Mas considerando sempre o desbotamento da tinta Alfaparf Evolution mantive a cor com tratamento, matizadores e tonalizantes e nessa época usava mais o Keraton Prata.

Alfaparf 11.11

Não tem como não amar a cor no dia da tintura, o cinza dessa tintura fica muito bonito, e mesmo que desbote fácil, também é mais fácil de manter o tom com tonalizantes e matizadores, por isso até usar a Matrix Socolor o cabelo manteve-se bem acinzentado o mês todo.


A Alfaparf 11.10 e 11.11 são muito diferentes meninas, é precisam que saibam disso. A tintura que realmente deixa o cabelo cinza é a Alfaparf Evolution 11.11, mesmo que seja pigmento fantasia a cor da muita diferença no cabelo, a 11.10 fica mais amarelinha.

Matrix Socolor 11.11

O tom não ficou mais forte como esperava, mas ficou na mesma, acinzentado e não "cinza", a diferença que se vê na Alfaparf 11.11 e na Matrix 11.11 foi a abertura da raiz escura e amarronzada. A tinta Alfaparf consegue abrir mais o fundo do cabelo e é mais fácil igualar a cor. A durabilidade da Matrix é boa mas não garante uniformidade num cabelo muito escuro na raiz.


Nessa história não tem melhor nem pior, igualam-se, somente a cor e a abertura da raiz que ainda prefiro da Alfaparf, mesmo sabendo que desbota, mas como viu... aquele cinza é fácil de manter.


Beijos

Este conteúdo é original de PnC - Do Platinado ao Acinzentado com tinta de cabelo - Retrospectiva 2015