Anilina no Cabelo- Vai ou não Vai??

Oi gente! Tão boas? Acontece o seguinte com algumas coisas de cabelo, algumas pessoas testam, não tem reações alérgicas porque talvez usam esporadicamente, ou sei lá usam uma vez na vida e não sentem nada, ou conhecem quem usou e não aconteceu nada e passam a dica... começa assim!

Agora concorda comigo que ninguém passa uma dica que deu errado né?

Então tem dica até de jornal pra usar a anilina de madeira pra colorir os cabelos, mas tem controvérsias sobre isso, perigos a longo prazo, então (se tem fumaça, tem fogo!!) tem coisa aê, e pra saber se anilina no cabelo vai ou não vai, entenda um pouco da coisa toda, por blogueira, técnica química e farmacêutica.

anilina no cabelo-vai ou não vai

Meu Ponto de Vista sobre a Anilina no Cabelo


Vocês já sabem que receita caseira no meu cabelo ou pele é a dedo, tem coisas que eu faço como o Bepantol e a vitamina na pele, ou óleo de rícino e Bepantol no cabelo, mas Monovim, violeta genciana, Pet não sei das quantas e anilina eu tô fora! Aliás, eu tenho muitas leitoras que usam negócio de Pet e tal e a gente não briga por isso, elas me contam a experiência e ta tudo certo se elas gostam, porque são tudo crescidinha e sabem das coisas, é aquela coisa do respeito e da opinião formada. Eu tenho minha opinião elas sabem que não indico e eu tô aqui de qualquer maneira pra ajuda-las. Só isso!


E não vou mentir que QUASE já coloquei essa dica aqui!!! O cabelo da moça estava Divo e ia postar como a moça havia conseguido aquele cabelo, mas eu não pude porque alguns amigos profissionais me alertaram que aquilo não era legal e eu tinha adolescentes que me seguiam, enfim, na época eu nem pesquisei, mas sei que fiquei super na dúvida de colocar a dica dela, por conta do produto não ser destinado a cabelos e por haver controvérsias na internet.

Quem usa anilina no cabelo sabe dos riscos?

Quem usa a coisa da anilina no cabelo não se queixa muito, mais do desbotamento, mas tem dica na net até de qual cor usar pra não desbotar rápido!!

O que é ruim pra muitas que fazem é que o cabelo precisa ser descolorido, ou ter uma remoção de pigmentos no cabelo, porque algumas cores até pegam no cabelo escuro mas outras só com descoloração então acho que aí que a coisa da dica acaba sendo mais perigosa.

Porque, supondo que esse material de usar em madeira contenha metais, com o couro cabeludo sensível da descoloração e ainda susceptível a absorção de “coisas” é que o negócio pode ser realmente ruim a longo prazo, porque acredite, muita m… que a gente faz é a longo prazo!
Tem até uma experiência da minha amiga sobre o Monovim (não é produto pra madeira, mas também não é cosmético pra cabelo!), porque ela também fez e estava amando o shampoo bombado, e compartilhou a dica porque o cabelo tava indo de vento em popa, crescia e tal, mas ela começou a ter reação com o negócio do shampoo a ponto de sentir fortes dores de cabeça na hora de usar a coisa e depois ela acabou contando que não era bom usar aquilo não!
Então, considerando que a coisa não é pra cabelo, muitas vezes é preciso descolorir, o que junta o estrago do fio e a sensibilidade do couro cabeludo com a coisa da anilina, e o preju a longo prazo, e a falta de “auxilio” do fabricante que não tem nada a ver que se ta passando a coisa no cabelo, eu considero ser uma besteira utilizar isso, e acho sinceramente que as meninas que usam não entendem essa parte de longo prazo porque da resultado na hora no cabelo e ninguém ta morrendo disso, acho isso!

O ponto de vista da Química sobre anilina no cabelo


Fui lá na Adriana meninas, chamei ela um cadinho porque amiga química é de uma ajuda fora do normal, só aprendo! Perguntei pra ela o que ela achava disso até porque ela fala rasgado e não tem essa de ficar achando palavras pra contar, foi clara, objetiva e consensual.

O problema de qualquer coisa de pintar o cabelo que não seja cosmético de verdade (como essa anilina de madeira ou até mesmo aquele papel crepom das antigas) é que essas coisas possuem metais em sua composição que permeiam o couro cabeludo e podem até mesmo chegar na corrente sanguínea.

O que precisa explicar para as meninas é que, como isso vai no couro cabeludo, e pode haver ali micro fissuras abertas (causadas por exemplo coçando a cabeça com as unhas ou queimando a pele com o secador ou queimando com a prancha) aí fica muito mais fácil de haver a penetração dos componentes nocivos para dentro do organismo e causar danos. Danos como prejudicar o fígado, alterar aquelas coisas do sangue de leucócitos, etc, etc…
Inclusive pode ajudar a piorar alguma doença já pré existente, pode trazer danos futuros se o uso for frequente pelo acúmulo de metal que pode vir a surgir mas é aquilo né, não tem teste in vivo que comprove os malefícios porque isso não foi criado para essa finalidade, vai de cada um.

Acho muito bom a farmacêutica falar sobre isso alertando para as meninas não fazerem isso porque depois acontece alguma coisa e vão falar que usou porque viu alguém fazendo um vídeo no You Tube ou num Blog e vai querer arrumar confusão. Então é bom alertar que não é pra usar nada que não seja cosmético de verdade para alisar, para pintar, para tratar, para qualquer coisa porque o risco será só seu, enquanto que num produto de verdade, que existe uma empresa por trás, tem a segurança da Vigilância Sanitária que garante que é seguro e não faz mal para a saúde!!

Espero ter ajudado.
Beijo!!!!

Sem dúvida que sempre ajuda!  

O ponto de vista da Farmacêutica

A Gleici fiii, já tem blog e já ta calejada de história na net, conhece tantas experiências que pode falar só por contos e causas, mas ainda é formada e sabe contar o beabá da coisa com embasamento, então, como ela mesma disse, se quiser, ta aqui ó: Gleici Any Duarte Oliveira, farmacêutica formada pela Universidade de Brasília - CRF 6725  


Acho assim… se usar tu não vai morrer, mas também nunca vai ter a certeza daqui alguns anos se essa m… foi o motivo de estar com problemas de saúde, então é por conta de cada um o risco de uso do produto, e entenda que não há fabricante de anilina que vá te ajudar caso você tenha problemas com isso lá na frente, nem a lei na verdade!

Confesso que isso é coisa dos próprios fabricantes informarem sobre o risco e causas já que o uso está tão escrachado assim.

Quero agradecer a Adriana, como sempre muito solicita! (Aqui o site da Adri).

A Gleici já tinha feito o vídeo e sem dúvida que confio muito na palavra dela, como blogueira e como profissional (Ela tem canal aqui e blog aqui).


Beijos

Mais Polêmicas:


Este conteúdo é original de PnC