Quando a queda capilar é o problema. Como resolver a questão.



Oi gente! Tão boas?

Que tal começar a semana falando de coisa séria?

A queda capilar atinge muitas mulheres hoje em dia, principalmente por causa dos procedimentos sucessivos que fazemos no cabelo, que cabelo aguenta a colorações mensais ou mesmo os retoques de progressivas em curto prazo?

Se é fato que cair até 100 fios diariamente é normal, também seria normal se lavássemos o cabelo a cada dois dias percebemos que cai o dobro do que caiu num dia só!!!!

Da pra pirar né? Mas é a pura verdade.

O cabelo passa por três fases durante nossa vida (Anágena, Catágena e Telógena), sendo que 80% do nosso cabelo esta na fase Anágena onde seu crescimento é vital e dura em média 6 anos, diferente pra cada etnia, a fase Catágena é a mais curta e também quando o fio fica prestes a cair e a Telógena, quando um cabelo morre e cai totalmente da raiz, mas é nesse mesmo tempo que nasce outro.


Agora vamos voltar anos atrás e lembrar que nossos cabelinhos quando crianças, e até nossa idade juvenil estavam totalmente em fase de crescimento (salvo algumas excessões, por genética e/ou doença adquirida), para pra pensar como podíamos estar sempre de cabelos presos na escola e mesmo assim continuar com os cabelos mais lindos do mundo!!


Só na puberdade, quando também chega a TPM, o estresse mais aflorado, a falta de uma alimentação regrada, tudo isso interligado faz com que o cabelo caia visivelmente.

Ter a certeza que o cabelo esta caindo mais do que devia é um trabalho pra profissional médico, este sim supera nosso básico "olhômetro" no chuveiro, achando que estamos carecas. O profissional por conhecimento e experiência vai ter um histórico de toda sua vida, assim como de seu cabelo e com exames ele pode realmente lidar com a situação de maneira simples, rápida e imediata com medicamentos.

Mas antes de achar qualquer coisa é preciso que você mesma responda algumas perguntas para diferenciar se o seu cabelo esta realmente com queda além do normal e se realmente precisa buscar ajuda de um profissional.

  • Queda e quebra.


Na quebra seu cabelo parte de um determinado ponto, seja comprimento ou pontas, ele não sai com a raiz do fio. Pergunta: Seu cabelo esta partindo em pedaços pequenos, ou caí com o folículo, quando tem uma pontinha mais grossa na ponta? A melhor parte de diferenciar queda e quebra é que sabendo que seu cabelo esta quebrando por algum motivo, você pode trata-lo a medida que ele precisa.


  • Faz químicas?


Se pensa que fazendo química seu cabelo pode cair amanhã, esta enganada, o processo aqui também é lento, falando o português claro, você coloca química  química  química  o fio fica assim... balança mais não cai entende? Enfraquece a raiz, e o maior problema na queda por química são as alergias que o produto faz, o tratamento não é o suficiente pra recuperar, e o desgaste é grande causando um trauma no folículo...

Mas, são situações únicas, na maioria das vezes os procedimentos que faz com química acaba causando mais quebra, repare nos cabelos que cai se são quebrados, e nos fios que normalmente pode cair por dia.


  • Escovas, prendedores, redinhas, bonés.


Pergunta: Faz uso de tudo isso normalmente? É fato que seu cabelo possa cair um pouco a mais, tanto puxando os fios com as mãos ou mesmo fazendo ele partir quando prende. Trabalhar com redinhas, bonés ocasiona um "mal" necessário ao fio, se por um lado tem que trabalhar por outro seu fio precisa fortificar desde a raiz.


  • Alimentação e estresse.


Cair o cabelo por má alimentação é fato, mas junto a isso pode colocar um monte de coisas... por exemplo carência de alguma vitamina, falta de tratamento e proteção capilar, insônia, vida desequilibrada. 

Nosso organismo absorve tudo que comemos e nossa carência de vitaminas já é grande porque não nascemos com elas, então... este fato com mais alguns citados acima podem realmente fazer cair seu cabelo mesmo sem uma doença aparente. E se já esta com quebra por alguma química o estrago fica mesmo gigante... 

  • Doenças e medicamentos.

Pergunta: Você sabe que o remédio que toma pode fazer o cabelo cair? Não leia a bula, pergunte ao médico, porque pode achar coisas das quais não faz parte das reações alérgicas, é sério! Melhor mesmo que o médico interprete o que esta prescrevendo e se de fato seu medicamento fazer isso peça solução, tônicos, loções, qualquer coisa que amenize a queda.

Se tem qualquer tipo de doença, ou mesmo micose no couro cabeludo com certeza já procurou um médico clinico geral para se certificar do que não esta certo no organismo, agora peça o encaminhamento ao médico dermatologista que poderá fazer um tratamento paralelo, junto ao seu médico, para tratar sua queda capilar.

A queda pode sim ser um problema, mas, pior é não identificar quando é realmente uma queda ou somente fatores que você mesma pode mudar.

Essa semana ainda vamos buscar tratamentos em casa e até mesmo alimentação adequada para combatermos a queda e a quebra?

Beijos