Guia do Produto Ideal- Como escolher um bom Shampoo

Oi gente, tão boas?

Sabe que acabo sempre em contato com algum profissional da área de beleza, seja cabeleireiro, técnicos e químicos, eles são meu caminho, e minha maior fonte pra não falar coisa aqui sem antes “entender” o funcionamento da coisa toda.

Hoje eu trouxe uma excelente matéria feita pela Camila, Química da K-Pro, que mostra com excelência como devemos escolher um shampoo, então meninas, muito melhor que ouvir sempre minha opinião, de consumidora, ouvir a outra versão também enriquece e faz a gente pensar no que compra e usa.

Lavando o fio

GUIA DO PRODUTO IDEAL
  • Como escolher um bom shampoo.
Em dez anos de trabalho na área profissional de produtos, percebemos que a grande dificuldade das consumidoras e alguns profissionais e realmente entender quando estão comprando um produto que além de embalagem bonita, perfume, tem ou não a qualidade mínima. Portanto vamos iniciar pela simples e importante escolha: o shampoo .

Existem vários fatores fundamentais na escolha de seu shampoo de uso diário:

Diariamente procure sempre utilizar shampoos com pH balanceado.

Faz parte da nossa vida acreditar que o ideal para nosso cabelo e pele seria o pH neutro . O que não é real !!!!!

O pH balanceado ideal para nossos cabelos é o levemente ácido , ou seja entre 4.5 a 5.5 portanto é fundamental para o tratamento diário de cabelos saudáveis ou com processos químicos. O pH dos produtos para cabelo deve ser entre 4.5 a 5.5, isto é levemente ácido, pois ajuda a fechar as cutículas (cutículas fechadas, maior reflexão de luz, cabelos mais brilhantes), além de não agredir a camada ácida graxa natural dos fios (camada protetora responsável pelo brilho e maleabilidade).

O pH ácido é fundamental, pois previne o desbotamento da coloração natural ou artificial dos fios, sela as cutículas.

E o shampoo antirresíduos ?

Quando falamos em produtos profissionais, estamos definindo produtos com uma maior concentração de ativos para tratamento de todos os tipos de cabelos. Os produtos de prateleira, não profissionais, nem sempre, onde a maioria tem baixo custo, conseguem trabalhar com quantidade de ativos suficientes para realmente tratar os cabelos

Desenvolvido para eliminar resíduos como cloro, poluição, resíduos de modelador, o que torna os cabelos limpos e desobstruídos para receber tratamentos, processos químicos.

Cabelo lavado
  • Escolhendo pelo tipo de cabelo:
Cabelos ressecados / danificados: Devem conter além do pH balanceado e seus detergentes normais, ativos para:

Hidratar: ácidos graxos essenciais (para repor a maciez e a hidratação externa dos fios), óleos essenciais, lanolina acetilada, algas marinhas, pantenol, aloe Vera, etc.

Restaurar: Queratina, para repor já na lavagem algumas falhas na estrutura interna e externa dos fios. É o único componente capaz de penetrar nos fios e reconstruir falhas internas em cabelos danificados pela ação de processos químicos , sol, vento, mar , cloro e poluição.

Cabelos mistos: Shampoos que possuem componentes capazes de balancear a oleosidade natural do couro cabeludo e raiz dos cabelos sem agredir as pontas secas.

Compostos naturais: óleos essências, como primavera e borragem e algas laminárias (alga marinha). Balanceiam a oleosidade e hidratam as pontas, não permitindo agressão da coloração natural nem artificial dos cabelos .

Compostos tecnológicos: Capriolil Glicina, capaz de deslocar a oleosidade através dos fios, vetorizando a oleosidade. Além de ter função bactericida e fungicida, ou seja, se esta oleosidade vir de fungos e bactérias, serão eliminadas.
  • Couro cabeludo com problemas:
Quando falamos em caspa, psoríase e seborreia, temos duas opções:
  1. Em casos graves devemos procurar um dermatologista ou até mesmo um endocrinologista.
  2. Nos casos suaves procuramos soluções cosméticas que tratam o couro sem agredir os cabelos (o que não acontece quando o problema é mais grave):
Ativos: Para balanceamento e higienização cosmética, devemos procurar produtos com óleos de Jojoba: Higieniza o bulbo , balanceia a oleosidade e limpa o couro cabeludo; Melaleuca, óleo australiano utilizado há 400 anos, antiinflamatório e antisséptico para higienização e balanceamento do couro cabeludo com problemas.