E a Progressiva após o Henê?

Progressiva após o Henê

Oi gente! Tão boas? A busca por henê tem aumentado. Consideravelmente, e isso parece mesmo ter a ver com a crise que estamos passando. Logo, as químicas estão mais caras e o henê é acessível e fácil de aplicar em casa!

Mas o Henê não tem o mesmo resultado pra todas, e daí vem a progressiva após o henê, as dúvidas se pode ou não fazer, já que "dizem" que o henê é incompatível com tudo!!


😶O post só foi considerado porque a busca pela matéria é intensa e questionável.

Além disso há um confronto de pessoas que utilizam a química com quem ainda está na dúvida, então vamos colocar os pingos nos “is” e todo mundo fica feliz. E com embasamento de questões abordadas aqui no blog com técnica química e profissional certo? E não ficamos só no meu blá blá blá.

👉Pra não dizer que não falei das flores… vamos para as rosas. 🌹


Henê é ruim?

👉Não gente. Não é ruim ter henê.

Quem ama o cabelo escuro e liso mantem o cabelo com henê há anos, sem estragos. Que fique claro, que da certo sim para algumas pessoas, que mantem o cabelo liso e escuro.

Como as químicas progressivas. Também não são ruins se forem utilizadas com todos os cuidados, mantendo o tratamento e a pausa segura entre um procedimento e outro.

Tem muita gente de cabelo liso e feliz com henê e com progressiva ou qualquer outro alisamento, ok?

O que significa que você precisa ver os pós e contras das duas “químicas” no cabelo e escolher uma que te deixe feliz!


Incompatível com progressiva, Sim ou Não?

👉Sim e Não!😶


Porquê sim?

Porque tantos cuidados com o henê apontando que ele é incompatível?


Porque é uma química, seu agente químico é o Pirogalol e é uma base ácida. É incompatível com muitas químicas, podendo causar quebra e até queda de cabelo.

Você usa henê em várias aplicações que vão “reformulando” o cabelo na forma de liso, ou pelo menos “tentando”. Pelo que consta não terá resultado com o henê em menos de 4 aplicações, e o verdadeiro liso aparece após 15 aplicações e mesmo assim, não é resultado para todo tipo de cabelo.

Ta… mas ainda não entendeu porque falamos tanto que é incompatível?

E vamos pela lógica:


  1. O cabelo é mantido liso sobre química “depositária”, encapado;
  2. O cabelo mantido assim já não é natural! E pode estar mais frágil (ou não) depende muito da quantidade de vezes que fez o procedimento e depende muito de como o cabelo é tratado e esta no momento;
  3. Se é uma base ácida, vamos considerar que nada alcalino vai dar certo nesse cabelo certo? Nada de oxidantes, amônia. Assista o vídeo do Ivan mostrando o teste de incompatibilidade do Henê com descoloração.
  4. A queda de cabelo pode acontecer no couro cabeludo com a incompatibilidade da progressiva e seus produtos aliados. Mas vamos ler um pouco na Revista pra Cabeleireiros.

Pera!! Falta uma resposta.



👉Resposta da Técnica química!

Resposta da Química: Após usar henê seu cabelo vai quebrar mesmo com tudo: com alisamento, com relaxamento, com tintura, até com a força do pensamento esse cabelo vai quebrar! rs!

Não use cisteína, carbocisteína, ácido glioxílico, tioglicolato de amônio, tioglicolato de etanolamina, tiolamina, hidróxido de sódio, hidróxido de guanidina, hidróxido de lítio, água oxigenada, shampoo tonalizante, não use nada disso! Espere o cabelo crescer e vá cortando até sumir todo o henê que tinha nos fios, antes disso nada de usar nenhuma dessas químicas. (…).


Porque Não?

Continuação da resposta da química:

Por enquanto só utilize produtos que são redução de volume temporário. Pode ser a base de extratos, de argila, de proteína. Não use as progressivas de pH abaixo de 3,0 de jeito nenhum porque o cabelo não resiste. Procure progressivas com pH entre 4,0 a 6,0.


Como faz então a Progressiva após o Henê?

Entendeu gente?

Falamos amplamente sobre incompatibilidade porque é óbvio que descrever um “pH” pra você utilizar é muito arriscado. Mesmo assim a química deu a resposta “concisa” e sem má interpretação.

Porém… é por sua conta e risco! 😬


  1. Você tem certeza que a progressiva que vai usar tem o pH indicado?
  2. Seu cabelo passou no teste de mecha?
  3. Fez um teste num cabelo próximo da raiz?
  4. Seu cabelo está tratado?
  5. A progressiva tem antirresíduo com pH alcalino no passo a passo?
  6. Quem vai “abonar” seu cabelo se for “lesado” nesse procedimento?

Porque pelo que ouvi, as meninas deixam de usar o antirresiduo da progressiva e passam o redutor. Se o cabelo cair, quebrar, já não sei, mas se é utilizado de maneira errada, pode-se esperar tudo.


Como fonte de informação, é óbvio que os cuidados são maiores do que as indicações em caso de química. Então se for por mim, escolha, ou henê, ou outra química!




E como faço para Tirar o Henê ?

Corta, corta e corta e ora pra crescer!

Vai nas dicas de crescimento de cabelo e começa uma nova vida sem ele.
Por isso que optar pelo henê tem que ser pensado muito bem antes.

Beijos


Este conteúdo é original de PnC