A Queda de Cabelos por Produtos

Queda de Cabelos por Produtos

Oi gente! Tão boas. A queda capilar é um dos fatores mais danosos para cabelo. Porque normalmente acontece paralelo a outros problemas no fio, e dificilmente é tratado de modo que o resultado seja eficiente da noite para o dia. Quando trata-se de queda de cabelos por produtos, é outro dilema, porquê até que ache qual o produto, tudo pode estar fazendo mal para seu cabelo.



O cabelo não vem com identificação do que pode ser usado ou não. Por isso, também não sabemos quando um produto, é de fato, melhor para o nosso cabelo ou não.

Cabelo é tecido morto mas é DNA, único e de cada pessoa, mesmo com características parecidas, o meu cabelo é diferente do seu, isso sem dúvida vem da influência da genética, da alimentação e de todas outras coisas que fazemos nele. Isso significa que podemos usar o mesmo produto, e dar reação em você e não em mim.

Veja aqui sobre:






Como pode acontecer a Queda de Cabelos por Produtos?

A queda de cabelo por produtos pode acontecer por reação alérgica a algum componente, ou somente a efetiva função dele no fio.

Segundo algumas leitoras no blog, a queda de cabelo por produtos não acontece de imediato, vem aos poucos e com o uso continuo dele, quando é caso de shampoo e outros produtos na lavagem.

Não vai perceber a queda no dia seguinte ao uso, mas com a constância do tratamento.
Essa queda vem acentuada e o normal de queda de fios aumenta com o escovar e o lavar de cabelos.

No caso das progressivas já foi relatado aqui em muitos comentários que a reação não se caracteriza no mesmo dia (as vezes quando a incompatibilidade de químicas). Quando a causa é de aplicação, muitas vezes, a queimação, o ardor, as caspas surgem alguns dias depois e inclusive com presença de pus e muitas nem sabem da onde vem isso!

Queda de Cabelos por Shampoo

Em 8 anos de Blog já teve leitora que reclamou de Elseve, Pantene e Seda e outros produtinhos do mercado. A frase era a mesma “usava produto x e meu cabelo caia”. Como já havia usado todos os citados e não acontecia comigo, eu não entendia muito bem porque era diferente pra mim.


Só temos consciência de algo não esta bem quando algo na nossa rotina muda. Quando mais cabelos caem, além do normal, é um sinal de alerta.

Quando falamos em “rotina” supomos que o cabelo esta sendo lavado pela mesma quantidade de dias, e nesse tempo não houve nada de diferente no cabelo, nem químicas e nem escovações excessivas, assim, como ações mecânicas.

Identificar é observar a sua rotina. O que não saiu fora do seu esquema habitual, e uma nova entrada de um produto que nunca tinha utilizado. Ou que já não usava mais.


Queda de Cabelos por Produtos Químicos

Em vista de tantos problemas com progressivas e suas reações alérgicas as meninas estão mais espertas, porém, ainda acontece, e recebo comentários pedindo ajuda pra resolver as reações de caspa e queimação.

Mesmo que mande ao médico, ou que a química venha aqui dizer que tem que lavar, e que só algumas lavagens depois o cheiro sai, ainda assim a pessoa se sente desprotegida. Lesada.

Na maioria das vezes o problema segue para um processo na justiça, por conta do profissional não saber explicar o que aconteceu, ou o que deve fazer a seguir… e sem entendimento, é uma obviedade que as meninas se sintam desconfortáveis com essa situação, principalmente, se na ocasião, o cabelo venha a ser lesado.

Por conta desse desgaste é que muitas acabam chegando as vias de fato e montando um processo contra o salão e/ou contra a empresa. Depois fica o jogo do empurra.


A verdade, é que as químicas tem suas restrições, cabe ao profissional que a usa identificar qual cabelo pode passar por elas, e saber aplicar da maneira correta.

Depois disso, se algo deu errado, é treta!😱😬






Ausência de Provas

O maior problema disso tudo é que na maioria dos processos que consta queda de cabelo por produtos, o que acontece é que não tem provas suficientes para argumentar sobre o ocorrido.

Cabelo cai por vários fatores, é bem complexo, como vai explicar que depois que usou aquele shampoo o cabelo veio a cair mais? 

Com as progressivas, mesmo que sinta o problema na cabeça uns dias depois, ainda terá a reação do produto, caso não tenha utilizado nada, e pode parecer ruim mas é uma prova sustentável.  

Quando o problema é do shampoo é um desgaste um processo contra o fabricante, na maioria das vezes não da certo, porque não há argumento que demonstre que o cabelo tenha caído um pouco mais com esse shampoo do que com aquele. E ainda se estas provas não forem “suficientes” para a justiça só haverá mais desgaste nisso tudo, e pra você! Porque o fabricante com entendimento do cabelo, e do produto, vai achar vários motivos para a queda, até o uso errado do produto, e seu caso vai ser desfavorável.

As vezes compensa ligar no SAC e pedir ajuda ao fabricante quanto ao ocorrido. A não ser que seja visível essa reação e documentada.


Já soube de inúmeras meninas que tiveram auxilio médico para questionar se de fato o cabelo estava caindo por aquele produto específico.

No caso de salões você tem opções, como voltar e pedir o dinheiro de volta, conversar com o profissional, pedir tratamento, auxilio ao cabelo lesado. Ou pode ir às vias de fato. Chegar ao ponto de processo tem que fazer sentido. Isso significa que pra justiça sua palavra tem que ter fundamento, provas que determinam se o que fala foi realmente verdade.

É como a internet. Eu tenho a minha palavra baseada no que pesquiso, estudo, no que profissionais da área química comentam comigo, mas aqui é a minha palavra, uma sugestão, uma dica, ou seja, para algo mais consistente, precisa de fundamentação que não seja somente a minha ou a sua palavra. Entende?

Espero que sim.

Beijos


Este conteúdo é original de PnC