Quanto Tempo pra Crescer o Cabelo depois da Química?


Crescer o Cabelo depois da Química


Oi gente! Tão boas? Mesmo com tanta informação na internet, até mesmo aqui no blog com ajuda de técnicos químicos, ainda tem muitas pessoas que continuam passando pelo mesmo problema: A reação alérgica da progressiva e a queda do cabelo. Depois disso, fica aquela parte careca do couro cabeludo e você não sabe afinal, quanto tempo demora pra crescer o Cabelo depois da química.


Infelizmente não tem mágica pra isso, e aqui mesmo no blog, em diversos posts a química fala sobre as possíveis reações alérgicas com o resultado da queda capilar.



Antes da Química


A queda capilar por química parte da aplicação, reação do couro cabeludo à química no cabelo. Mas não basta saber isso.

Antes da química você já pesquisou e sabe que precisa de teste de mecha.

A mágica da progressiva está no teste, é o que tem indicado em tudo que é matéria na internet. O próximo passo é pedir o teste e se tudo der certo fazer a química, correto?

O problema parte depois disso, porque, na maioria das vezes a reação alérgica acontece um tempo depois que já fez o teste de mecha e compatibilidade e que por sinal não tinha dado nenhum problema! E dessa maneira você acaba não entendendo o porquê de acontecer tudo isso se fez o teste de mecha antes.


O que precisam ter em mente meninas, é que o problema da química e a reação é a aplicação no couro cabeludo. O que não tem nada a ver com o teste de compatibilidade que é feito numa mecha do cabelo, pra saber se o cabelo aguenta a química no estado que esta, ou se não tem outra química nele que seja incompatível.

O Cabelo Pode cair com Reações não só corte químicos

Pensando na incompatibilidade as meninas pensam que o cabelo só cai desta maneira, colocando nos fios e partindo ao meio, do comprimento. E não é isso que acontece ainda.

O que mais faz o cabelo cair em várias partes do topo da cabeça são as feridas, cascas grossas e pus que acontecem dessas reações.

Essa região afeta totalmente o folículo, porque na maioria das vezes você sente a caspa algum tempo depois, arranca, forma feridas, lava o cabelo normalmente, saí “liquído” ou “pus” como vocês mesmas me contam, e depois o cabelo fica sem nascer naquela região como se tivesse formado um buraco.

Leia:

Como saber se o produto deu alergia?
Queimadura Química
Pus no Couro Cabeludo - o que fazer?

O tempo para Crescer pode ser maior que a Transição

Se o problema dessa queda foi corte químico, incompatibilidade que, sem teste de mecha, abrangeu desde a raiz a aplicação, então, prepare-se para aguardar o cabelo crescer por mais tempo do que imagina.

Porque infelizmente naquele local ele não vai crescer 1 ou 2 centímetros por mês, ele não vai crescer nada e você vai precisar massagear e usar muita vitamina no couro cabeludo e também suplementos para auxiliar esse crescimento de dentro pra fora. Por isso é importante o auxilio de um dermatologista, pra ver o quanto foi prejudicado o couro cabeludo. 

No caso das casquinhas, feridas, que formam, são arrancadas e o cabelo junto, é mais fácil o crescimento, mas da mesma forma não acontece como normalmente esperamos. Tipo 1 ou 2 centímetros por mês demora mais. Pensa que aquela parte do cabelo foi lesionada, com ferida e pus e o folículo foi arrancado (por isso não pode arrancar as casquinhas).

Essa área afetada precisa de tratamento, precisa curar para que o folículo possa crescer novamente. Como já sabemos, não deve ser aplicado nenhum "cosmético" em cima de feridas. Significa que vai ter que dar prioridade a shampoos suaves, de bebe por exemplo, como a química já falou. 

Dicas:

Faça massagens no couro cabeludo; use vitaminas como Bepantol, ou a própria babosa que é natural e pode auxiliar na cura da ferida; Não faça mais química nem mesmo coloração ou tonalizante, evite ao máximo qualquer tipo de produto nesse cabelo sem que seja para o benefício do crescimento.

Não misture ingredientes, peça auxilio de um médico para suplementos vitamínicos que também colaborem com o aumento de fios.

E lembre-se disso na próxima vez que for fazer a química... e que também deverá ser bem distante do acontecido, ou até que esteja curado completamente aquela parte do fio.

Beijos

Este conteúdo é original de PnC