Testemunho sobre Nacionais e Importados


1041979_glass_bottles

Ola queridas, antes de contar a história da Empresa como costumo fazer com marcas que estou utilizando pela primeira vez, quero fazer uma ressalva aos produtos importados, em primeiro lugar é claro que o “mar não ta pra peixe” e todo mundo entende bem o significado dessa frase, a gente não ta nadando no dinheiro e pra gastar com cosmético, ele precisa ser bom…

Mesmo quando não utilizava nada a não ser o que tinha no mercado, continuava ansiosa por testar aquela marca de cosméticos que tinha na prateleira da loja aqui da cidade, e que ainda não era acessivel, quando me sobrou um dinheirinho resolvi testa-lo, uma marca nacional, mas carinha (preço alto), senti o resultado logo que passei… e pensei: “Pelo menos o dinheiro valeu a pena!” (comecei a prestar atenção em muitos outros produtos que estavam a minha volta, tanto os nacionais como importados e que me sugeriam mil e uma formas de tratamento para meus cabelos) e depois de muito ter gasto, num aqui e em outro ali , resolvi juntar um pouco mais e ir atras daquele tal importado… que achava que ia fazer a diferença…

Ahh Lucy aonde quer chegar??

Ta… Chega então…Falando claro e sendo direta, gente tem produto muito bom nacional, que  é caro também, não são todos que são acessíveis, eu não vou comparar marcas, mas tem produto nacional com qualidade superior que importado e que custa muito caro, mas também tem produto importado que não é só marketing e que realmente faz bem para o seu cabelo, e que “dá pra comprar” então gente… eu uso tudo, a mascara do potão, e o creme baratinho que passa na televisão, mas amo alguns produtos importados também e quando compro amiga… é a perder de vista! hahaha...  


E a questão é essa… eu não compro de olhos fechados, procuro as resenhas sobre os produtos no cabelo, procuro as que usaram e procuro entender como é o cabelo da fulana ou sicrana pra pensar antes se pode funcionar pra mim, e garanto uma resenha negativa muda meu ponto de vista com os importados, se uso e se posso mostrar a vocês com certeza o farei de uma maneira que a pessoa que comprar se identifique com o produto da mesma maneira que me identifiquei… E essa opinião não é só para os importados, mas como eles são de “fora” e tem o preço mais salgado tem que ser bom pra gente comprar, senão… quem paga?

Tudo é só uma questão de escolha de qualidade, invista tanto em nacionais quanto em importados, cada qual tem o seu valor, sendo ele baixo ou alto, pesquise antes e veja quem usou, junte pontos positivos e negativos sobre ele, e veja a indicação da embalagem, assim não vai gastar seu dinheiro a toa se o produto for caro.

Beijos