Cosméticos anti-envelhecimento capilar

cosméticos anti-envelhecimento capilar

Oi gente! Tão boas?

Eu bem que queria dizer pra vocês que cabelo se trata uma vez por semana e depois não estraga mais; ou que uma vez tratado mesmo que 3 vezes na semana não precisa mais de cuidados; ou que shampoo e condicionador resolvem tudo... mas nada disso é verdade.

Se eu fosse dar essas dicas que citei, isso teria que ser uma verdade para meu cabelo, assim ia ter que tratar o meu cabelo só uma vez por semana, e no meu caso “não rola”, meu cabelo detona só com vento, também pra mim, só shampoo e condicionador não funcionam como tratamento, e se eu deixar dois dias sem mascara fica um "fuá"!

Conclusão:
Com químicas, agressões externas, estresse, nem vou falar mais um “beaba” que vocês já conhecem sobre alimentação e cabelos, falta de vitaminas, nutrientes, insônia, falta de manutenção, idade… e ainda tem a idade que vamos perdendo cabelo e diminuindo o crescimento do mesmo... Diversos fatores que nos levam a acreditar que tudo deva estar ligado, alimentação, vida saudável, bons tratamentos. 

Mas e a idade?! 

Infelizmente a idade não conta só nas rugas, conta no cabelo também, e tratamento para o fio é que nem anti-idade, você trata todo dia, se parar a coisa desanda geral!

“Ah Lucy como tratar o fio no dia a dia se não lavo o cabelo diariamente?”

Simples, proteção! Mesmo quando não lava o cabelo, aquelas “diquinhas” que sempre coloco aqui sobre óleos, reparadores, condicionadores sem enxague, realmente fazem a diferença, tratam o cabelo no desgaste ocasionado pela agressão externa ou mesmo temperatura de chapinha e secador.

E a ilusão de dizer que não trata o cabelo com tudo que faz nele, basta ver os resultados;

Com um tratamento que tanto pode ser um cronograma capilar ou somente uma mascara reparadora por semana aliada a ampolas de tratamento… Da pra todo mundo tratar o fio auxiliados de bons produtos que “cabem no bolso”.

Quer saber como começa isso? Trouxe alguns trechos da revista Viva Beleza pra contar pra vocês:
“O problema do envelhecimento capilar começa começa com enfraquecimento das células do bulbo capilar. É a partir dos 40 que as células param de regenerar, fator diretamente ligado a diminuição de quantidade de fios de cabelo.” (Hair Style Luiz Cintra-São Paulo)
A revista aborda os problemas constantes que temos no fio e o maior deles do qual não há como fugir, a radiação solar, as agressões externas, o problema no desgaste da fibra é o que sempre falamos, perde-se queratina, proteínas, deixando o fio mais frágil e sensível, sem viço.

Daí vem toda aquela história que comecei o post, a saúde, a doença, a falta de cuidados e proteção, as químicas sucessivas, etc etc…

Eis que nessa hora que o cabelo esta literalmente com o “pé na cova” sem salvação podemos buscar produtos que revertem os danos, rejuvenescem, recomportam o fio destituído de queratina, devolvendo viço, balanço e maciez.

Aonde se encaixa os cosméticos capilares anti-aging/anti-age:

Esses produtos são considerados reconstrutores, pois muito deles levam proteínas e ativos capazes de tratar no interior da fibra e também no frágil bulbo capilar, fornecendo estrutura e fortificando.

Na revista ainda cita que os shampoos vem com menos ação desengordurante e mais tensoativos para minimizar qualquer agressão ao fio.

A revista citou alguns ativos presente na composição desses produtos que fazem a diferença:
  • Zinco: antioxidante necessário para o desenvolvimento de novas células;
  • Cobre: Vital para o crescimento do fio;
  • Ferro, magnésio e silício: oxigenação adequada dos tecidos;
  • Cafeínas, vitaminas E, H e ginseng: ativos que combatem com eficácia o envelhecimento capilar.
Ainda pesquisando encontrei na Revista Cabeleireiros outros importantes ingredientes nos produtos para cabelos anti-aging:
“Ginkgo Biloba, uva e cacau, possuem propriedades antiidade, pois são ricos em flavonóides, como os polifenóis. Os flavonóides são excelentes ativos anti-oxidantes que protegem contra os processos degenerativos provocados pelo oxigênio reativo, prevenindo danos celulares. A utilização de cremes sem enxágüe e com filtro solar também previne o envelhecimento precoce do fio”

Claro que ainda vou citar os que sei que promovem efeito anti-idade nos fios, embora, diga-se de passagem, aqui, com cabelo, não se faz milagre como se faz no rosto com agulhas e plásticas.

Mais ativos anti-idade: Proteína hidrolizada do colágeno aliada a vitaminas como A, C, E, ácido hialurônico, etc…

Depois conto de alguns produtos legais com essa proposta e pra quem serve.

Beijos