A Mascara de Mandioca da Haskell que testei.

A Mascara de Mandioca da Haskell que testei

Oi gente! Tão boas?

Já disse que o face serve mais pra trocar dicas que o blog? Pois é meninas!! A gente se acaba nas dicas, é tanto pra todo lado que você se perde... enfim, num desses papos com a Márcia, leitora assíduo do blog, e montando uma tabela de tratamento pra ela, que me contou sobre a mascara de mandioca da Haskell, que já usava e que gostava muito do produto, ó meninas... eu já ouvia falar dessa mascara desde o extinto Crono e a Márcia só me aguçou a vontade de testar.

Na primeira oportunidade, comprei! Foi R$21,90 aqui perto de casa, mas com certeza no centro da cidade acha mais barato.
  
Leia Também:
Mandioca-Mascara de Hidratação – Auxilio no Crescimento pH3.5
A combinação da mandioca com tutano, mamona e pró-vitamina B5 revitaliza promovendo hidratação intensa, fortalecimento e pode auxiliar no crescimento dos cabelos. Modo de uso: 15 minutos de pausa para hidratação nos cabelos.
Pelo pH do produto e os componentes, você já percebe que vai derreter o fio, e é isso que faz mesmo, ela não só hidrata a fibra, também alinha o fio desde a primeira aplicação e em todas as outras, condicionamento e emoliência não falta na mascara.

É bem fácil de espalhar a mascara, não é muito consistente, cheirinho bom e suave, e o mais interessante é que nela tem vários pedacinhos da casca da mandioca, fiquem tranquilas que a mascara não esta estragada, é assim mesmo!

A Mascara de Mandioca da Haskell que testei

Seus principais componentes de tratamento é o óleo de Ricino e de Tutano além de silicones de proteção solar.

O óleo na mascara não é nada marcante, tem bom condicionamento e tudo mas o que ela faz ao fio é uma hidratação daquelas que até “infla” o cabelo ta entendendo? Para cabelos ressecados, encaracolados realmente é uma opção extremamente boa, mas cabelos porosos, sem estrutura interna ou desgastada, acaba dando um efeito não muito bom,  o cabelo fica fofo, exatamente uma proposta de hidratação potente, mas para um cabelo poroso, o frizz domina e a mascara acaba sendo fraquinha demais.

Como resolver o problema da mascara já que não deu certo após algumas aplicações semanais?

Óleo. Claro! O cabelo poroso e também ressecado suga óleo, é como se fosse um suprimento para o cabelo, simples assim. E é desse jeito que estou usando a mascara. Faço umectação com óleo de coco Copra (depois conto sobre ele) deixo de uma a duas horas meu cabelo bem umectado, comprimento e pontas, e na hora da lavagem é shampoo e mascara. 

Por causa do óleo de coco, não é preciso passar nem condicionador após a mascara, então eu tenho o brilho que preciso, o frizz diminuído e a maciez e tratamento que espero nas asperezas do fio.

Essa mascara é facilmente encontrada em lojas de cosméticos, aqui perto de casa tem em todas.

Para mais informações sobre o produto, a Haskell tem SAC: (31) 38851500.
Beijos