Teckel e Rottweiler




Oi gente! Tão boas?

Alguns fatos não devem passar desapercebido principalmente, quando demonstram um momento de ternura no que poderia parecer uma trágica briga.

Ha um tempo atrás perdi meu amigo fiel e guarda oficial da minha casa, meu rottweleir Porthus, nos deixou e “virou estrelinha” teve câncer de próstata, imaginamos que foi hereditário pois o pai dele havia morrido 6 meses antes pelo mesmo problema.

Depois de algum tempo, tivemos a certeza de encontrar um outro “cão amigo” que pudesse guardar a casa, e abrilhantar os olhos de quem mais sofria com a perda do Porthus: a Família!

Eis que surge o Athos, rottweiler puro e “terrorista” ai meo Deusss… ta acabando com as minhas roupas, pega tudo gente!!! Um terror esse cão! Desde que chegou em casa nem a gavetinha da churrasqueira para no lugar, que qué isso… Aff!! Deu pra perceber que a alegria (e um pouco de raiva) voltou né…

Mas olha só o meu adulto cão Woody o que achou: Esse é o momento ternura que eles tem todos os dias na chuva ou no sol….


   
 







Ahh, pior é esse dois ai de baixo que tenho que gritar o tempo todo porque senão saem rolando com os cachorros no quintal!!!

 

Beijos

+ Conteúdo

Arquivo

Mostrar mais