Os 5 passos para garantir pontas mais saudáveis.

O que é melhor para as pontas ficarem saudáveis?

Oi gente! Tão boas? Dica procurada é dica para as pontas! Os 5 passos para garantir pontas mais saudáveis.

Ôôô, como a gente estraga as pontas né minha gente! E danos de pontas não são só de praia ou piscina não, as pontas danificam fácil pois é a parte do fio que sempre acaba cheia de química, o tratamento não é contido só ali nas pontinhas como no cabelo todo, e com tudo isso, conta desgaste natural, falta de estrutura e mau tratamento? As pontas acabam sendo a pior parte do fio, com maiores danos.

Sabe o que parece? Você trata sempre o cabelo todo e ali parece que nunca vai ter jeito, tipo, só cortando!

Tem algumas dicas que servem especificamente para as pontas, com tratamento e alguns truques que vão garantir um cabelo com bom caimento e estrutura saudável.

1. Ativos: Colágeno e queratina.
Dois potentes ativos reconstrutores que não vão colar as pontas duplas, mas vão sim, deixar o cabelo mais resistente nessa parte do fio, e o melhor, evitando que mais pontas surjam.

O colágeno: É fonte de resgate capilar, fornece ao fio estrutura perdida e peso certo para o cabelo, mascaras de tratamento capilar com colágeno são também chamadas de reconstrutoras pela ação que causa ao fio, quando aliada a queratina essa mascara é fonte de vida, sendo daquelas que você percebe o resultado após o tratamento, e não tanto em emoliência no enluvamento.

A queratina: É o único ativo que um cabelo danificado precisa semanalmente! Não que só esse ativo resolva, mas, é com esse que o cabelo responderá no resultado de forma mais rápida e em curto espaço de tempo. O cabelo precisa tanto do que lhe foi tirado em questão de nutrientes que só a queratina poderá ser absorvida de maneira a preencher fissuras e alinhar o fio em seus estragos.
  • É muito fácil tratar o cabelo com o que se pede, dar além disso é prejuízo trocado, porque o excesso de proteína deixa o cabelo duro e opaco.
2. Tratamento:  Reparação.
Tratamento emoliente vamos chamar de nutrição reparadora, são mascaras fortalecidas com óleos e manteigas que garantem maior hidratação das partes ressecadas, vindo a garantir o preenchimento da fibra desestruturada por falta de umidade natural.

Não da pra garantir boa emoliência e tratamento diferenciado quando a mascara só procura nutrir o fio, esse tratamento é específico e precisa de mais aplicações, já sendo reparadora a mascara garante que ativos de condicionamento vão selar o fio após a nutrição, muitas vezes nem sendo necessário o uso de condicionador após o tratamento.

O bom é manter a nutrição e selagem no fio durante a semana e ainda umectar o fio uns dois dias da semana, ou sempre que as pontas estiverem muito ressecadas, porque com certeza vai potencializar a reparação e evitar mais abertura de fio.

3. Óleo Reparador:
Não pense que óleo de argan é pra jogar com tudo no fio, tem que dosar, meu cabelo fica facilmente oleoso e pesado se exagero na dose, e o pior é que não se esconde a “ensebada” de óleo nas pontas, se errar, vai ter que lavar de novo, então é melhor mesmo usar pouco, e o suficiente, dependendo da ocasião, praia, piscina, é possível a reaplicação, mas de jeito que não encharque de óleo o fio.

4. Limpeza Inteligente:
Por mais que temos aquele pensamento que antí-resíduo além de limpar vai ressecar, temos que pensar o quanto de produto emplastado ali no fio, esse shampoo pode remover, fora as sujidades do couro cabeludo, como “casquinhas” suor, caspa, e excesso de oleosidade. Não precisa ser sempre, mas anti-resíduo é produto que é melhor ter em casa do que sair correndo a procura de um!

5. Da-lhe corte!
Com certeza é a dica mais inteligente quando se trata de pontas duplas, porosas, estragadas, porque nada nem miguem vai colar suas pontinhas, pode conseguir que bons tratamentos façam uma selagem com queratina o que vai garantir força e fios blindados, mas pra manter, vai ter que ter todos os cuidados acima, senão é tratamento abaixo d’agua. O melhor em muitas situações é mesmo o bom corte do fio!

Beijos