Alimentação e a Queda Capilar



Oi gente. Tão boas?

Recentemente quando fiz a cirurgia reparadora, leia aqui, tive que mudar muitos hábitos (deliciosos) alimentares por causa do funcionamento do intestino, seria normal uma dieta pós cirurgia se fosse com tempo determinado e não pela vida toda… Não é assim “tragicamente” do jeito que deve estar pensando, que não comerei nadica do que comia antes, mas que vou ter que ter um equilíbrio nessa alimentação para que eu não volte ao hospital para fazer novamente a mesma cirurgia, isso sim, seria trágico! Parar de comer , abusivamente, chocolates, molhos, frituras, gorduras (ahhhhh …), hoje é fato inquestionável para mim, porém, tudo tem os pós e os contras, se de um lado não posso abusar, passei a comer diariamente , sementes, como farelo de trigo, farelo de linhaça e granola e aveia.

Farelo de trigo: A fibra de trigo é a película que envolve o grão de trigo integral, obtida no processo de moagem de grãos para produção de farinha de trigo. Possui alto teor de proteínas e ferro, contém baixo teor de gorduras. Rica em fibras insolúveis que atuam no funcionamento do intestino e seu consumo deve estar numa dieta equilibrada e hábitos de vida saudáveis. (Marca: Jasmine)

Farinha de linhaça: É um alimento funcional obtido a partir da moagem da pura semente da linhaça de consumo humano, conservando todas as propriedades da linhaça e facilitando seu consumo e sua absorção pelo organismo. Rico em ômegas 3 e 6 , ácido graxo e fibras, contribui para redução do colesterol. (Marca: Natu´s)

Granola: Mistura de cereais e frutas secas de alta qualidade. Rica em fibras, a mistura de frutas secas, grãos, sementes, trazem inúmeros benefícios como a redução de doenças cardiovasculares, diminui a absorção de gorduras dos alimentos, previne doenças como diabetes, aumenta a saciedade por mais tempo, ajuda o aparelho digestivo. (Marca: Natural Life)

Aveia: A Aveia é considerada um dos grãos mais completos da natureza, pois é rica em fibras e fonte de proteínas, além de ser uma importante fonte de vitaminas e carboidratos. Seu consumo ajuda na redução do colesterol e no funcionamento instestinal. (Marca: Quaker)

Usar as sementes na minha alimentação, como em um copo de iogurte, ou mesmo em cima do arroz, na farinha, na coalhada… começou a fazer diferença não só na minha pele, visto que parece mais iluminada, mas nos cabelos!

Vamos partir do princípio, pra entender como posso ter descoberto isso em algumas semanas, depois que sai da cirurgia fiquei uma semana de cama, e ainda não estava fazendo uso das sementes na alimentação que era somente de sopa e líquidos, sendo assim, meu cabelo caia muito, principalmente por ficar deitada (e falando com vocês, hehehehe!!) Depois do retorno da cirurgia, que foi pedido para não fazer esforço físico e nem andar longas distâncias, um repouso “de leve”, a alimentação teria que voltar ao normal, com o mais básico e maravilhoso “arroz e feijão”, desde então meu maridinho trouxe uma sacola de sementes, que foram gradativamente tomando parte do meu dia a dia, desde que passei a usar no iogurte, e na comida, percebi que meu cabelo não esta mais caindo como antes, quando ainda estava debilitada pela cirurgia e deitada na cama, e e comprovei isso quando colori o cabelo ha dois dias atrás e percebi que quase não caíram fios na lavagem da tintura, além disso tenho percebido que o cabelo tem estado mais saudável, agora estou começando a acreditar no que antes eram só palavras, falar que funciona em letras é fácil, adquirir hábitos diferentes do que tem diariamente pode ser além de econômico, eficaz, saudável e estimulante da beleza, já que o corpo absorve e expressa o que consumimos.

Beijos

+ Conteúdo

Arquivo

Mostrar mais