Pode pegar Foliculite no Verão?

Foliculite

Oi gente! Tão boas? Eu fiquei meio receosa com essa história de foliculite, e com medo de pegar isso no verão, queria mesmo saber acerca do assunto, o que é, como age, donde vem esse troço, e se tenho que me preocupar com a foliculite no verão!


Eu vi alguns artigos mostrando que a própria acne vulgar é considerada uma foliculite e que é temporário. Também vi outros sites dizerem que não.

A maioria dos sites médicos e dermatologistas relata alguns desses problemas específicos. Vi no medicina.net e no viva.saúde e também no Dr Drauzio as informações.

Porque não tem um só tipo de foliculite, são vários, porém todos se apresentam com lesões.

O que é Foliculite

A foliculite é uma inflamação nos folículos.

O problema todo é na onde tem folículo, o que significa que não restringe apenas a área do couro cabeludo. A foliculite começa parecendo uma espinha “purulenta” e não vem aos montes, você identifica logo quando aparece no couro cabeludo ou mesmo em outra região.


O maior problema da foliculite é que na onde acontece o folículo muitas vezes é perdido, o cabelo cai e é preciso parar a inflamação para que o crescimento naquela área afetada volte ao normal.



Como acontece a Foliculite

Pode ser causada por vários microorganismos, fungos, bactérias, até infecção viral. Tem algumas que são mais comuns como a bactéria Staphylococcus.

Mesmo podendo ocorrer em várias partes do corpo que tem folículo, acontece mais no couro cabeludo com alguns fatores conhecidos por nós:


  • Lesão de aparelho barbeador ou maquina de cabelo;
  • Dermatite e acne no couro cabeludo pode ser foliculite;
  • Escoriações e feridas, dependendo dessa ferida, pode surgir a foliculite;
  • Adesivos aplicados na pele, escoriações;



Na maioria das vezes aparece e vai embora, por isso você nem se preocupa ou ouve falar do assunto se não é intenso ou pertinente no couro cabeludo.

O diagnóstico é visual e na aparência da pele. Normalmente avista-se uma espinha, avermelhada em volta da área afetada, e as vezes purulenta. Muitas vezes é retirado fios de cabelo dessa área afetada para melhor visualização.

Não precisa fazer exame de sangue para seu diagnóstico, a não ser quando a causa não é comum, é crônica, nesse caso é preciso amostra da pústula para identificar exatamente o agente causador para pode combate-lo.

Todo mundo pode pegar?

Pode sim, todas nós podemos pegar, tendo espinhas ou não, ou apenas ser predispostas a pegar a coisa. Algumas doenças nos tornam mais susceptíveis a aparecerem as foliculites:


  • Diabetes, leucemia;
  • Condições inflamatórias da pele (muito oleosa e com acne), dermatites e acnes;
  • Antibiótico para tratar acne;
  • Corticóides tópicos;
  • Itens de vestuário que causam muito suor e são usados seguidamente;
  • Exposição constante a água quente;
  • Alterações Hormonais.

A foliculite pode ocorrer no couro cabeludo e associado na face, torax e costas.
Não é um problema de quem toma remédio ou é doente na maioria das vezes, da em pessoas saudáveis mesmo, e muitas vezes passa despercebido.

Como Tratar a Foliculite?

Claro que é no médico né gente? Aquela mesma história da reação da progressiva, aconteceu coisa no couro cabeludo envolvendo pus e outros sintomas tem que ir no médico.


Não precisa ser trágica quanto ao assunto, porque é isso que parece, algo normal, como espinhas que aparecem e saem, mas claramente que precisa de uma observação maior se passar de um mero pontinho e trazer problemas de queda e falha no cabelo.

Mas no consultório médico pode ajudar o médico a identificar se é algo que vai passar rápido ou que precisa de acompanhamento, então pense nisso quando for falar com ele, se precisar:


  1. Durante quanto tempo está com essa lesão?
  2. Já teve infecções nessa região anteriormente?
  3. Sente coceira nessa área ou dor?
  4. Fez algum tratamento caseiro recentemente, ou depois te ter tido essa lesão? Deu certo?
  5. Faz tratamento específico para alguma doença?

Pode acontecer no Verão?

Se perceber ali pra cima no texto vai ver que alteração hormonal não tem estação pra acontecer, pensando no sentido mais simples das causas, assim como utilização de vestimentas por dias seguidos, ou mesmo feridas e dermatites!

Então claro que pode acontecer no verão!

O alerta hoje é isso mesmo, é acontecer algo que não identifique e não saiba tratar, e junta as férias, os finalizadores, os banhos de mar e exposição solar fora as sujidades, então pensa como uma simples bolinha, pode acabar virando um problema.

Cuidados são eficazes para essa época que a gente esquece até que tem cabeça né meninas?

Bora tomar cuidado!

Este conteúdo é original de PnC

+ Conteúdo

Arquivo

Mostrar mais