Pergunta - Pontas após a progressiva




Oi gente! Tão boas?

Muitas amigas acabam tirando as duvidas sobre alguns problemas com progressivas em comentários e alguns eu tenho enviado por email a pedido da leitora, enfim, teve uma pergunta que ficou nos comentários e trouxe a resposta:

A leitora:

Ola, faço definitiva a cinco anos ou mais. Quando comecei a fazer era como se eu tivesse os cabelos lisos por natureza só que de dois anos pra cá comecei a fazer mechas  e a notar que meu cabelo não fica mas como era antes, vivo hidratando eles com tudo oque me recomendam… Ultimamente andei usando Morocannoil, o que eu notei uma grande diferença um melhora surpreendente, só que para as pontas não adiantou…
Vou citar um exemplo: Eu lavo ele, seco no secador, passo o óleo ele fica lindo perfeito durmo e… Acordo com as pontas horríveis como se tivesse esticado a força ela fica esmigalhada com um aspecto de seca mas somente ao olho porque ela esta super hidratada.
O que fazer com essas pontas uma cauterização resolveria esse problemas??

A Química:

Procure cortar as pontas no máximo de 3 em 3 meses pois os cabelos após serem processados com alisamentos, relaxamentos, colorações, progressivas, perdem naturalmente sua configuração e composição original e por melhor que sejam os produtos disponíveis no mercado atualmente, nada consegue reverter o quadro que relatou na sua dúvida. No seu caso, corte as pontas regularmente até perceber que elas estão sadias, tanto a olho nu, quanto ao toque!
Adriana P. Freitas (Lokelani)

A Técnica Química que responde as perguntas aqui no Blog, também já tirou dúvidas sobre:


Beijos