Quais os problemas de fazer escova Progressiva em casa?

Oi gente! Tão boas? Ontem dei uma sumidinha né? Básica, tinha que escutar uma amiga contar umas coisas pra passar a experiência pra vocês, imagina só o que aconteceu, ela estava super desanimada com o cabelo dela, ou era a raiz, ou as pontas, parece que nada dava efeito no cabelo, nem mesmo tratamentos, o volume estava exagerado e ela vinha se sentindo mal com isso, tipo até pra sair de casa, o incomodo com o cabelo estava atrapalhando sua vida, mas imagina vocês, naquela correria alucinada do dia a dia, foi e decidiu que se livraria do problema do volume do cabelo, comprando uma progressiva e fazendo no tempo que tivesse disponível, na sua casa.

Quais os problemas de fazer escova Progressiva em casa?

Mas, toda progressiva é boa até que se prove o contrário né?

Um dos produtos dessa progressiva (que nem me pergunte não lembro o nome) tinha embalagem para borrifar, assim a parte 2, que seria o “redutor de volume” deveria ser aplicado no cabelo conforme as explicações do fabricante, na embalagem do produto.

Essa minha amiga, não tinha feito nada de especial no cabelo dela (menos mal, porque poderia se dar mal caso tivesse incompatibilidade com outras químicas no fio!), e aplicou borrifando na raiz o redutor de volume, adivinha o que aconteceu? Logo depois da aplicação surgiu uma certa ardência e incomodo, e depois de uma semana, apareceram crostas horríveis no couro cabeludo, e não dava nem pra ficar mexendo que podia virar ferida do jeito que estava, então… penso assim, a gente sempre tira algo bom de experiências ruins, para nosso próprio aprendizado e claro, foi inevitável ganhou mais um problema em vez de resolver outro.

Não tem o que fazer e nem o que passar, pode ter sido a aplicação direta no couro cabeludo, alergia aos componentes da fórmula, bom… foi da progressiva e isso é fato. Quando um problema assim acontece com produtos profissionais a empresa deve ter um contato via SAC ou qualquer outra forma de comunicação para resolver essas questões pertinentes aos seus produtos, mas nem todos sabem como é, como resolver, nesse caso, fica a dica:

Se o problema com a escova progressiva for caso de ardência, descamação, queimação deve-se ir com a embalagem do produto ao pronto socorro, para se for caso de alergia, tomar um anti-alérgico. Não passe nada no couro cabeludo sem indicação médica, nem tome medicamentos por conta própria.

Deve-se manter contato com a empresa a fim de reportar tudo que aconteceu com o cabelo, causas e consequências, pra isso tem contato Via SAC (Serviço de atendimento ao consumidor).

Escovas progressivas, mesmo as de caixinha que já vi deixar cabelo elástico, deve ser feito com profissional, a garantia do resultado é 100% porque todos os profissionais conhecem (ou devem conhecer) os produtos que estão utilizando, assim como tem contato direto com empresa, representante e todas as informações sobre o produto.

O profissional faz teste de mecha, sabe sobre compatibilidade e vai diagnosticar seu cabelo pra saber se tem força, resistência para fazer o procedimento que deseja. É mais seguro e tem a garantia do profissional.

Beijos