5 Erros nos Cabelos que aumentam a oleosidade na raiz.

5 Erros nos Cabelos que aumentam a oleosidade na raiz.

Oi gente! Tão boas?

Quem não se incomoda com aquele cabelo grudado na raiz?

É exatamente desse jeito que fica o cabelo quando já esta minando óleo no couro cabeludo, “grudado”, e muitas vezes, esse estimulo das glândulas sebáceas pode ser por simples procedimentos que fazemos diariamente, e nem sempre é percebido no ato, ainda mais quando o resto do cabelo é seco.

Agora, todo procedimento que gera situações piores nos fios, deve ser questionado, ou no mínimo, realizado de forma diferente.

Vamos considerar como cabelo oleoso aquele que é lavado pela manhã e a noite já apresenta oleosidade.

Leia Também:

Todo cuidado faz diferença!

1) Shampoo/Condicionador: Quando indicamos shampoos específicos para raiz e outros para as pontas é porque realmente isso faz diferença, da mais trabalho, mas mantem a oleosidade controlada. O condicionador pode ser usado, mas nunca próximo a raiz ou mais tempo do que o determinado pelo próprio fabricante, 2 minutos e pronto.

2) Finalizadores: É meninas, eu amo tudo que modela, estiliza e mantem boa aparência do cabelo, mas pra fazer isso no fio, fica resíduos sim, que são tirados na lavagem, porém… se colocado de maneira exagerada, em pouco tempo a oleosidade aparece, porque o excesso acaba obstruindo a oxigenação do couro cabeludo.

3) Secador: O ruim aqui é somente a forma de uso, secar a raiz, temperatura alta é oleosidade na certa, tem modo de uso correto para secar os cabelo inclusive evitando o frizz.

4) Escovação: A escovação pode também estimular a oleosidade, quando se fala em escovar o óleo para o resto do cabelo na prática não funciona, por que você espalha, mas a raiz continua ensebada.

5) Massagem: É verdade que sempre indicamos a massagem para crescimento do cabelo, mas isso de modo suave, sem fricção não acarretará na lavagem ainda mais produção de sebo, até porque a higienização com produtos específicos é feita na raiz com massagem para limpar sujidades e sebo que fica. Não da só pra tacar o negócio na raiz e esfregar as pontas!

Dicas para amenizar o problema:

1) O produto específico ajuda, quando a coisa é leve, muito sebo, coceira e feridas precisa de prescrição de médico e ponto. Cada caso é um caso. A loção indicada pelo médico conforme o diagnóstico vai resolver o problema muito mais rápido que ficar testando produto pra oleosidade.

2) Anti-resíduo é para limpar resíduos certo? Quem usa muitos produtos finalizadores, óleos, sprays vai achar no antí-resíduo a solução para resíduo no couro cabeludo e fios. Não é a mesma coisa que shampoo pra oleosidade, mas vai fazer diferença com os produtos que anda utilizando, e pode ser usado uma vez por semana, seguido de mascara nutritiva.

3) Esfoliantes ajudam bastante na oleosidade, mas nem todas gostam de utilizar produtos assim, porque ressecam os fios, mas é uma alternativa pra ser usado uma vez por semana.

4) Prefira produtos em géis ou fluidos no pós lavagem, ou até leite de pentear, quanto mais aquoso e liquido for melhor para remover e para não juntar resíduos junto as agressões externas.

5) Agua quente é mesmo fator determinante pra estimular a oleosidade. Pensa quanta coisa agrega ao cabelo a simples lavagem com agua fria, sem sebo na raiz, cutículas fechadas, por esse lado fica mais fácil se jogar na lavagem, que aliás, precisa ser diária.

Não se esqueça que a alimentação tem papel fundamental na saúde do organismo e pele, cabelos e unhas.

Beijos

Tem Mais aqui: