As diferenças entre Tonalizantes de Cabelo.

As diferenças entre Tonalizantes de Cabelo
As diferenças entre Tonalizantes de Cabelo.

Oi gente! Tão boas? De qualquer maneira acabamos nas prateleiras do mercado, olhando tintas e mais tintas, e além do pensamento que nos consome em mudar, vem o impulso em comprar. Pra ficar mais bonita, cor vibrante, cabelos jogados ao vento igual capa de revista, quem nunca pensa nisso numa nova cor? O maior problema são As diferenças entre Tonalizantes de Cabelo.

Pois é… mas te falo com clareza, transformação é com profissional, e tinturas de caixinha não fazem transformação, sem prévia descoloração do cabelo ou remoção da tintura anterior.

Quando não sabemos a diferença entre a tinta e o tonalizante complica, porque além de serem diferentes na fixação e durabilidade, os tonalizantes também se diferenciam entre si, e é sobre isto que queria falar hoje, vai ajudar algumas meninas que me pediram ajuda sobre tonalizantes por esses dias.


Os Tonalizantes

As diferenças entre Tonalizantes de Cabelo
As diferenças entre Tonalizantes de Cabelo.

Os tonalizantes não tem cor duradoura, não fixam, duram duas semanas ou mais dependendo de quantas vezes lava o cabelo por dia, e ainda não cobre 100% dos cabelos brancos. O tonalizante sai com as lavagens, porém, não vai sair toda cor que colocou, é gradativo esse desbotamento.

Pensando em todas as possibilidades “ruins” do tonalizante não da nem vontade de comprar né?

Ai que você se engana!
Tonalização é a palavra chave para durabilidade da cor e pausa entre tinturas permanentes.
Os tonalizantes tem seus benefícios:
  • Reavivam a cor,
  • Não danificam tanto a estrutura do fio tratado, porque seu pigmento é mais superficial;
  • Corrigem a cor já desbotada;
  • Alguns promovem tratamento com deposição de cor e são chamados de tonalizantes;
  • Fora que ainda tem aqueles que são usados como shampoo, o tempo de pausa é mínimo, e o estrago não é quase nada no fio, só agrega cor.
Embora o tonalizante pareça inofensivo, é bom lembrar que também vai deixar resíduos no fio se não enxaguar abundantemente após a aplicação, exatamente igual tintura.

Alguns deixam o fio ressecado, ou que seja, duro mesmo e não indico pra quem esta com cabelo quebradiço.

Outros ganham destaque após a descoloração, outros tratam melhor, dois deles você pode usar até três vezes, em alguns cabelos a aplicação é única.

Exemplos:

Cabelo quebradiço: na verdade a gente nem recomenda pintar, por questão de danos mesmo, mas ninguém quer ficar com a cor feia até tratar o cabelo, assim, é melhor usar a color touch (5 minutos de pausa após lavagem com shampoo) ou Keraton, porque não ressecam tanto, e no caso do Keraton, quase nada pelas minhas experiências.




Cabelo com cor fantasia:

Esses cabelos precisam de tonalizante a cada semana, assim é melhor usar um que mantenha a cor e ainda trate, caso do Keraton de novo.
Cabelo Loiro: Se ta cansada de matizar se joga no tonalizante que dura mais a cor acinzentada, tanto o Richesse deixa a cor bonita quanto o Color Touch, mas se o cabelo estiver com danos e poroso, melhor Color Touch, o Richesse é daqueles que vai usar bastante, porque é só um pouco de produto, emulsão e creme, rende mais de 2 aplicações, mas deixa o cabelo duro, ressecado, mesmo os profissionais falando que não resseca, no meu cabelo fica sempre do mesmo jeito, duro e tem mais perigo pra chumbar, embora sua cor seja única.




Cabelo descolorido:

Usei o tonalizante da Salon Line logo após descolorir e ai vi que a cor que tinha recebido na feira não era a cor que queria, foi só pela cor mesmo, porque o produto não resseca, após a descoloração fica exatamente a cor da caixinha, sua aplicação é como Keraton, não vem emulsão nenhuma, é só um frasco pra aplicar, custo e beneficio bom, ainda não usei no cabelo já colorido para correção da cor, mas gostei da fixação.

Quanto mais danos tiver nos cabelos mais livre-se das emulsões, mesmo que seu valor seja 9% como Richesse, até que os danos sejam tratados procure usar os que doam cor, pigmento para uniformização da cor e não use nada além disso até que o cabelo fortaleça.

Se gosta da cor que esta no cabelo, segura a onda ai da raiz, tonaliza ela perto da sua cor natural e use mais tonalizantes… depois de tantos anos usando tinta sobre tinta aprendi que a coloração permanente quanto maior for o espaço entre elas melhor, senão vai acabar descolorindo porque o excesso de resíduos da tinta pega mesmo no fundo do cabelo e aquele amarronzado só sai com descolorante.

Hoje as tintas e tonalizantes tem tecnologia pra tratar o cabelo, isso foi especificado numa revista de cosmetologia, com códigos que compreendem vários benefícios as tinturas, como durabilidade, tratamento, fixação, cor, etc, mas vou verificar isso com os produtos que já usei e minhas experiências aqui, e conto tudo pra vocês.

Beijos


Este conteúdo é original de PRODUTINHOS NO CABELO