Os melhores óleos para encorpar o fio

os-melhores-óleos-para-encorpar-o-fio
os-melhores-óleos-para-encorpar-o-fio

Oi gente! Tão boas? Deixa eu contar pra vocês os melhores óleos para encorpar o fio. Essas coisas de óleos vegetais, mas assim, da maneira mais fácil de entender né? Porque não adianta ficar dando fórmulas e ligação de química que eu entendo pouco disso e a intenção é somente entender um pouco sobre o assunto pra ajudar nas nossas escolhas para o tratamento capilar.

Recapitulando o post de ontem, basicamente a coisa é assim…
Os óleos vegetais (puros) são ricos em ácidos graxos esse componente é dividido em saturados, (insaturados) monoinsaturados e poliinsaturados.

Muuuuiiito bem!

Segundo alguns sites gringos que falam sobre a composição dos óleos, essa divisão do acido graxo nos óleos tem diferença para o tratamento capilar sendo que:


  • Alguns são mais absorvidos e fortalecem o interior da fibra capilar;
  • E outros são reparadores da cutícula promovendo também a selagem da hidratação no cabelo.

Considerando os óleos ricos em ácidos graxos monoinsaturados como fortalecedores do fio, porque estes são mais absorvidos além da cutícula, é fácil afirmar que estes óleos também são os favoritos para encorpar o cabelo desestruturado e fino.

Saiba Mais:
os-melhores-óleos-para-encorpar-o-fio

Os óleos potentes:

Azeite de Oliva:


É o mais famoso óleo monoinsaturado, suas propriedades são preservadas mesmo aquecido (até 180º), sendo assim, aquela história de amornar o óleo da certo! Tão oxidante quanto outros óleos porém é mais absorvido pelo fio e melhora sua elasticidade tanto quanto colabora para queda capilar devido sua nutrição diretamente no couro cabeludo.

Óleo de abacate:


Os benefícios dos monoinsaturados vem dos ômegas que são extremamente eficazes como bloqueio da umidade e protetor solar natural, condiciona e mantem fios fortalecidos com seu uso. Como tem alto teor de gordura promove excelente condicionamento e selagem além de promover o crescimento de células saudáveis diretamente no couro cabeludo, pode ser utilizado com shampoo, tratamento profundo e como selante.

Óleo de Rícino:


Esse óleo é extremamente favorável a fios fracos e quebradiços, sua utilização altera a força do cabelo e impede que os fios caiam. Como suas propriedades são riquíssimas para o couro cabeludo, seu uso é feito misturado com agua e massageado direto na raiz do cabelo. É grande estimulante da circulação de sangue no couro cabeludo. Sua emoliência suaviza até mesmo fios ásperos e porosos.

Óleo de Macadâmia:


O óleo de macadâmia também consegue encorpar fios finos com seu tratamento, sua alta concentração de gordura monoinsaturada garante aos fios nutrientes específicos para reparar danos, equilibrar a elasticidade e ainda conter frizz e a porosidade. Sua selagem no fio mesmo nas cutículas garante até tratamento de pontas duplas.

Leia Também:

Independente da variedade de óleos vegetais para tratamento capilar, lembre-se que óleos puros sem adição de silicones não mantem a mesma proteção de óleos industrializados que são fabricados não somente com as propriedades dos óleos (antioxidantes) mas com formação de película que previne o efeito da alta temperatura no fio.

Todos podem ser utilizados para umectação, para fios finos, uma hora antes da lavagem. Ou aliado ao tratamento capilar.

Já testaram esses óleos meninas?
Beijos