Produtos vencidos, o que fazer?

Foto: Reprodução

Oi gente! Tão boas? O assunto de ontem não é nenhuma novidade, as pessoas podem ter reações alérgicas até a alimentos, que dirá ingredientes em cosméticos, então é fato que pessoas são sensíveis a algumas coisas, e saber como procurar ajuda é fundamental para que possa resolver o problema da melhor forma! 

Até mesmo alguns ingredientes do perfume dos produtos causam esse reações adversas, em diferentes pessoas, e por conta disso saber o componente que te causou danos é o melhor para que isso não aconteça novamente. Mas uma coisa esta ligada a outra, nesse tipo de reação às vezes produtos vencidos pode ocasionar isso, alergias, reações na pele de imediato.


Produtos Vencidos nas promoções


Muitas vezes na internet a promoção ocorre pelo prazo de validade, meses, ou talvez vencido no mês, seja como for produto cosmético não acaba tão rápido, contando quantidade, dosagem e uso diário ou não o melhor é certificar-se de que o produto é de longa data, porque reclamar depois sobre a validade, pedir dinheiro de volta ou a troca do produto, vai dar muita dor de cabeça e muito tempo de espera!

Aliás se o site que comprou o produto não tem a informação da data da validade pode ser que esteja codificado de maneira diferente, em primeiro lugar identifique um código atrás do seu produto, ou nas laterais (batch code) e veja na calculador de cosméticos a data de fabricação e a validade, ainda tem uma informação importante, tem um "potinho" na embalagem com a tampa aberta, ali mostra quanto tempo de uso tem o produto após aberto o lacre. Porém... não tem todas marcas lá, daí tenta nesse, http://www.checkfresh.com/ se não tiver nesse também, oremos! Você acabou de adquirir um produto sem validade! Não use, troque ou peça informação sobre o lote do cosmético.
Melhor ainda, adquira produtos importados no Brasil que são obrigados a passar todas as informações numa etiqueta na nossa lingua portuguesa!

Nas lojas você podem ver isso, com produto na mão e em promoção, veja a validade e não leve quando falta um mês para vencer, não arrisque um problema na pele por conta de metade do valor, não compensa com a dor de cabeça que vai ter depois. 

Uma vez tive a informação que produtos vencidos não poderiam ficar nas prateleiras sob pena ($$$) terrível para os fabricantes, bem, não é o que se vê, visto que muitos produtos são vendidos em cima do prazo em muitas promoções e nem sempre o consumidor é alertado sobre o curto prazo de uso do produto, enfim... fique atenta!

As reações


Pior que comprar o produto perto da validade é esquecer que ele vai vencer e continuar usando o produto, e ainda por cima ter reação a ele, daí não tem como driblar o problema, é médico e a dor de cabeça vai ser melhor, pela data que comprou (ainda dentro da validade) e o fabricante pode até auxilia-la mas vai ser por sua conta e risco os problemas ocasionados com essa reação.

Não confie em prazo adicional, nem na cor do produto não ter alterado, a validade é o suficiente para garantir que aquele produto NÃO TERÁ MAIS EFICÁCIA COM SEUS COMPONENTES. Jogue fora!


Meu produto venceu!


Mas está com o mesmo cheiro, mas paguei caro, mas tenho dó de jogar... veja as recomendações!

A recomendação é: passou o prazo, utilize por no máximo 15 dias além da data especificada no rótulo. “A validade tem que ser levada a sério, embora exista essa margem de segurança de duas semanas em média. Um cosmético já vencido, seja creme ou maquiagem, não oferece garantia da eficácia dos ingredientes empregados. Ele pode sofrer oxidação, o que acarretaria problemas como irritação na pele”, salienta Ana Lúcia Recio, dermatologista membro das Sociedades Brasileira e Americana de Dermatologia. O contato com o oxigênio do ar, a temperatura e a luminosidade são fatores degradantes que se intensificam com o passar do tempo.
Que fique claro: se você continua usando um produto que já ‘estragou’ – seja um clareador, um antiidade ou um renovador com vitamina C –, a primeira consequência é que ele não fará mais efeito. Além disso, as moléculas se transformam quando oxidadas e passam a ser irritantes e alergênicas, o que aumenta a probabilidade de sofrer com tais incômodos. E tem mais, a empresa fabricante não dará garantia ou suporte caso haja alguma reação.

Não Arrisque


O alerta fica para todos os produtos, tanto de pele, antiidades, maquiagens e cabelos tudo leva em conta sua validade, até mesmo local armazenado e forma de uso. 

Na face, os riscos são mais visíveis do que no corpo. A pele passa por um processo /de irritação, as células inflamatórias migram para a superfície, os vasos se dilatam e clinicamente observamos uma epiderme avermelhada com pequenas bolinhas (vesículas), descamação, coceira, calor e às vezes dor. Chamamos de dermatite alérgica de contato”

Dicas:
  1. Itens de beleza também são pessoais, o que usa na boca não deve ser passado para outras pessoas, assim como nos olhos;
  2. Armazene o produto de acordo com o rótulo, não deixe exposto a luz solar, não deixe guardado aonde há proliferação de fungos e outras bactérias, como armarinhos dentro do banheiro;
  3. Higienize pinceis;
  4. Não misture nada dentro dos seus produtos de beleza;
  5. Mesmo dentro da validade não use o produto se a sua cor, textura estiver alterada ou se sobrar liquido ou óleo dentro da embalagem, ligue para o SAC do produto.
Beijos