Pergunta para Técnica Química





Oi gente, tão boas?

Estou um pouco atrasadinha com as perguntas e respostas aqui do blog, mas vamos nos acertando não é?



oS IncriveisParte 1) Bate – papo sobre progressivas, nessa matéria é falado o relacionamento da cliente com o profissional da beleza bem como a técnica a ser utilizada por ele no seu cabelo e o que o cabelo precisa no momento, cada item é fundamental para que se tenha sucesso nesse tipo de procedimento e não venha depois a achar culpados para um procedimento realizado. Aqui você vê essa matéria na íntegra.
Parte 2) Os componentes químicos das progressivas e o procedimento realizado no cabelo são discutidos num bate-papo nessa matéria com a técnica química, que colabora aqui no blog para responder a duvida das leitoras. Hoje muito se é falado sobre os ingredientes, a aplicação do procedimento, bem como o desgaste dos fios, nada como tirar dúvidas se ainda as temos. Aqui você vê a matéria na íntegra.

As dúvidas não cessam sobre escovas e o que era antes novidade e “febre” agora virou sinônimo de ponto de interrogação, e passaram a surgir dúvidas sobre qual fazer, com quem fazer e o que vai ser utilizado no procedimento.

Justamente com essa intenção venho hoje trazer a resposta sobre uma pergunta sobre escova progressiva que foi deixado aqui no formulário do blog, no final desta postagem vou deixar o link para quem quiser fazer sua pergunta.

Leitora: Perguntei qual era a base do produto : álcool cetil e isopropil e manteiga de karité e queratina, mas ao fazer, na secagem , o produto tinha algo que fazia o olho arder, então me falaram que a mesma só poderia ter formol, tem algum outro produto que possa dar o mesmo efeito que o formol que esses, existe algum lugar que possa mandar o produto para analise para ver se não tem formol?


Técnica em progressiva: Se ardeu muito os olhos é quase certo que havia mesmo uma dosagem maior de formol que a permitida.

Laboratórios de Análises e Ensaios como o IPT (USP), EVIC, FALCÃO BAUER E REBLAS, Por exemplo, realizam testes para dosar a quantidade de formol ou de qualquer outra substância que se deseja saber o quanto tem. As análises são caríssimas mas totalmente confiáveis, feitas em  CROMATÓGRAFOSE só para lembrar que algumas tinturas capilares também ardem e irritam o couro cabeludo e  NÃO TEM NADA DE ERRADO COM ELAS, então é sempre importante lembrar:

NÃO ENCOSTE NO COURO CABELUDO QUALQUER TIPO DE PRODUTO, SEMPRE TENTE DEIXAR ALGUNS MILÍMETROS DE DISTÂNCIA PARA EVITAR QUALQUER TIPO DE DESCONFORTO”.

Quem responde as perguntas sobre progressivas é a Técnica Química Adriana P. Freitas, criadora da escova Lokelani, visite o site dela aqui.

Beijos

+ Conteúdo

Arquivo

Mostrar mais