A Coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro


Oi gente! Tão boas? Eu quero contar, nesse ano mesmo, dessa coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro, porque acho que a diferença que deu no cabelo da Flávia, e os danos conseguidos com ela, vão modificar a forma de escolher cores. Ou marcas de tinturas com suas respectivas águas oxigenadas.



Mas eu vou explicar, porque a situação não aconteceu especialmente por causa da tinta e sim por conta do estado que o cabelo da Flávia se encontrava. 

Também quero muito falar que a cor que aparece no google ou na descrição da embalagem não é nem de perto o que a marca promete. 

coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro


Ainda que saibamos sobre as diferenças que as caixinhas demonstram na tabela de cores, ficou bem diferente do que a gente esperava e a surpresa pode ter sido por conta do próprio oxidante que veio na coloração.

Vamos por partes.

Vou explicar tin tin por tin tin a coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro.

Indicação coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro

Coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro



1- O fabricante indica a tintura de cabelo para extrair máxima cor, brilho e tratamento. 

2- Garante cobertura perfeita e cor permanente.

3- O Fabricante promove a coloração com a descrição que seus pigmentos são tão finos quanto pó compacto e que a eficácia da cor seria definitiva dando nova vida aos cabelos.

4- Coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro é uma coloração creme, vem com oxidante de 30 volumes e esta designada na base de “castanhos”;




Coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro vem com Ox de 30 vol


Coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro


É importante que saiba dessa diferença nesse tom de castanho, que ela vem com ox de 30 volumes. Especialmente porque tem outras bases “castanhos” da Alfaparf Alta Moda que vem com água oxigenada de 20 volumes, como na 6.3.

E da muita diferença as águas oxigenadas de volumagem diferente:
👉Vejam esse post que tirei dúvidas com a técnica química Adriana e com hairstylist sobre as volumagens dos oxidantes;

Não pense que é uma crítica, até mesmo porque já fiz o cabelo da Fla com duas águas oxigenadas diferentes, de 20 e 30 volumes porém usei uma para raiz e outra para o comprimento.

O que precisa entender é o resultado de uma base 6 com ox de 30 no cabelo ruivo, ou na manutenção dele, até mesmo se pensa em escurecer, você tem que entender como essa cor fica no cabelo.


Aplicação da Alfaparf Alta Moda 6.7 


1- Mistura-se as duas tinturas e os dois oxidantes na mesma travessa;

2- Usa-se pincel e luvas para aplicação;

3- E proteção com hidratante para as orelhas e testa não mancharem;

Eu achei que a tintura rendeu muito. Porque usei somente duas tinturas iguais e deu tão bem para o comprimento médio e volumoso que parecia mágica sobrando tinta na tigela.

4- Apliquei primeiro na parte da nuca;

5- Enluvei mecha a mecha, e dei mais atenção as pontas que acabavam sempre ficando de fora da tintura;

6- Depois fui subindo a coloração, raiz a raiz, separando com o cabo fino do pincel, pra não sobrar cabelo sem tinta;

Eu queria que o resultado fosse perfeito, porque a Flá já vem pintando com banho de brilho há meses. E íamos retocar a coloração total, sem creme, somente pintura mesmo.

Ela ficou 40 minutos com a tintura e foi enxaguar;


O Resultado no Cabelo e nas Pontas


Coloração Alfaparf Alta Moda 6.7 Castanho Luminoso Claro


Incrívelmente a Flá saiu do banheiro com o cabelo lavado e tratado e com as pontas loiras!!!

Oi??

Claro que estranhei o fato já que esperavamos, que ela ficasse com o cabelo castanho e não loiro.

O pior não foi ver as pontas loiras, porque a cor na raiz e até mesmo as pontas mais alouradas ficaram lindas, a cor em si ficou de arrasar, mesmo não ficando uniforme.


Porém as pontas ficaram palhas, detonadas e elásticas!!

👉Não foi só por conta dessa água oxigenada! Foi por conta do uso excessivo de chapinha e babyliss que a Flávia faz, e o desgaste das pontas não aguentou com uma ox mais alta. Considerando que ela nunca fez química além de coloração, os danos foram potencializados com o oxidante alto e o cabelo ficou palha nas pontas!

Corte. 


Não tem o que fazer nesse cabelo, e sim cortar essas pontas. Porque ela não vai parar de usar a chapinha!

Isso mostra o quanto os danos ficam contidos coloração após coloração e mesmo usando banho de brilho durante muito tempo, ainda assim, os danos nas pontas da alta temperatura não aguentaram uma coloração, imagina se fosse outra química forte?

Dica para 2019


1- Cuidado com as tinturas meninas, são químicas também. Deem tempo para o cabelo, tratem não somente com hidratações mas sim com reconstruções e queratinas.

2- Usem um bom protetor térmico, porque as pontas da Flávia aguentavam mais com aquele finalizador da Redken do que aquele Lee Stafford.

3- Cuidado mesmo com o oxidante que vem na coloração, porque uma ox de 30 para de 20 faz muita diferença.

4- Procurem não misturar oxidantes a não ser que cada um deles forem pra pintar uma parte do cabelo diferente da outra.

5- Tentem fazer teste de mecha mesmo com coloração pra não ter surpresas.


Beijos
Juntas novamente para 2019!
Feliz Ano Novo!

Este conteúdo é original de PnC