Não Faço Low Poo. Como fica então?

Não Faço Low Poo. Como fica então?
Foto: Reprodução


Recebi duas perguntas sobre isso, a primeira é básica “Não faço o Low Poo. Como fica então?” , respondo: Fica da melhor forma que vai seu tratamento!



A outra pergunta foi “Tenho progressiva, preciso fazer a técnica Low Poo?” respondi: Não precisa fazer a técnica se não quiser!

Gente, o Low Poo não é uma técnica imposta a todas como regra obrigatória, faz quem quer!


É uma técnica de tratamento para proteger e hidratar o cabelo. Vai desde a lavagem sem sulfatos à tratamentos sem petrolatos.


É uma técnica utilizada por muitas cacheadas porque os produtos utilizados nesse programa de tratamento deixam os cachos mais definidos e hidratados por mais tempo, tirando o aspecto natural de ressecamento que esse cabelo tem.

Outras pessoas com cabelos lisos também aderiram a técnica por estarem sentindo melhoras no cabelo com esse tipo de tratamento.

Pra resolver algumas dúvidas das minhas leitoras, vamos fazer um bate-bola aqui pra vocês entenderem a coisa toda, ou pelo menos ficar tudo mais claro.

Ondulado

Eu tenho cabelo ondulado. Acho que me enquadro no 2A. Quando testei produtos somente para a técnica low poo, descobri, definitivamente, que a técnica me ajudou em alguns pontos com o cabelo ondulado:

  1. Ficou mais fácil de definir as ondas no cabelo;
  2. Ganhou um pouco mais de volume, porém fica mais soltinho na raiz  e sem frizz;
  3. Ficou leve, porém com caimento e movimento;
 Ou seja, se tiver o cabelo ondulado e gostar mais das ondas do que ele liso compensa fazer a técnica, até porque hoje você encontra mais produtos específicos para esse tratamento.

Volumoso

Um dos problemas da técnica é o pessoal achar que só porque é ótimo para cacheadas também será para outros tipos de cabelo, e tem cabelo que é tão volumoso e grosso, que não necessariamente ele precise fazer a técnica.

O ruim é achar que, porque o produto Low Poo deu certo no cabelo crespo, também dará num cabelo grosso e mais volumoso. 

Nem sempre o que é destinado às cacheadas funcionam bem em outros cabelos. Por isso acredite, o peso e a redução de volume que esse cabelo precisa está em itens específicos.

O cabelo volumoso da minha filha por exemplo, precisa de condicionamento e redução de volume. Normalmente os produtos que dão peso e selam essa cutícula do cabelo dela levam ingredientes proibidos para técnica Low Poo, não todos, mas muitos produtos BBB que já falamos no blog e tem a função de reduzir volume e conter o frizz!


Progressiva

Não Faço Low Poo. Como fica então?
Foto: Reprodução

No caso de quem tem progressiva é uma boa um shampoo sem sulfato. A lavagem mais suave também garante maior durabilidade do fio liso, fato!

Porém, esse cabelo também precisa de óleos nas pontas (inclui muitos silicones e agentes anti-estáticos) e se da muito bem com silicones ou mesmo as parafinas, que nas concentrações corretas, garantem maior resistência do fio pela sua própria impermeabilidade.

Porém... vale um adendo! Cabelos danificados que passam por progressivas tem o desgaste do fio muito maior utilizando produtos cheios de parafina, pela lógica de não ser totalmente eficaz para o tratamento e sim pela "aparência" do fio, por fora. Ou seja, o cabelo foi modificado quando estava todo "zoado" daí só usa a parafina e o cabelo ta ficando bonitinho por fora, lógico que vai chegar uma hora que o cabelo vai mostrar seu real.

Então seria interessante shampoo sem sulfato, intercalado com shampoos comuns e hidratantes durante a semana, com produtos de tratamento mais potentes.

Mercado

A maioria das máscaras de tratamento de mercado contém os ingredientes que são proibidos para a técnica Low poo. Que dirá os shampoos! Que também são, na maioria, com sulfatos.

Sobre cosméticos BBB

Agora, mesmo que já tenha mais produtos para fazer a lavagem mais branda, e sem sulfato, ainda assim, o mercado de cosmético garante que alguns ingredientes não são de fato cumulativos, e se fossem, quase todos os shampoos tem sulfatos e removem esses ingredientes.

Em outras palavras. Se usa um shampoo de mercado comum, e também a máscara não tem que inventar de aliar produtos e máscaras da técnica low poo, ou muda tudo, ou continua na mesma. É livre a opção de como queira tratar o cabelo.


Proibidos

Alguns ingredientes  dos quais são “proibidos” na técnica definitivamente favorecem o cabelo liso progressivo. E não estou louca, estou falando das parafinas que tem em muitos cosméticos e porque?


  • Porque doa sedosidade. maciez, espalhabilidade, condicionamento;
  • Acumulam no cabelo (sim) e doam mais resistência à quebra aliados aos aminoácidos e queratina;
  • A impermeabilização é propícia ao liso;

De certa forma tem uma explicação simples pra isso ser tão favorável em produtos como Kerastase ou Loreal e ser aliado à queratina. Simplesmente porque esse condicionamento e digamos certo “agrupamento” no fio doa mais resistência aliado à ativos extremamente importantes para o fio como a queratina pro exemplo!

Tratando-se de resultado, é uma lógica muito simples, você pega uma linha que está quase partindo e coloca aos poucos em cima dela um revestimento, coloca um dia, noutro, e noutro… aquela linha que você pensou que ia quebrar, não vai mais, ela ganhou uma certa resistência por deposição. Mas veja bem, a parafina não é só isso, até porque pra que ela fixe no fio ela precisa no mínimo ser em alta concentração, em muitos casos não chega a doar tanta resistência assim, então… partindo da ideia que, o cabelo com progressiva a cada três meses é mais frágil nas pontas a ponto de poder quebrar, as máscaras com parafinas (aliada a nutrientes) não fariam mal algum pra esses cabelos. Veja pelos produtos de mercados que muitas meninas usam.

O complicado de falar sobre o assunto é porque tem outras substâncias e ativos que podem ser aliados do tratamento para uma resistência eficaz sem “mascarar” a aparência do cabelo tratado, mas a parafina é mais barata e por conta dela aliar-se bem com outros ingredientes que esse negócio ainda vai ficar com a gente por algum tempo.

Vamos considerar que estamos falando de um cabelo tratado, tratado e não só servido de "parafinas" certo? Porque a história ia ser longa contando o fio danificado só com a parafina né? A gente sabe que mesmo na concentração certa ia dar consequências no tratamento.

Silicone

O silicone é a parada que ninguém larga, mesmo fazendo a técnica Low Poo, ninguém abandona o óleo de argan, porque sabem os inúmeros benefícios que ele trás, além disso, tem os sprays de brilho, os finalizadores, etc, etc que contém silicones, e não ficamos sem!



  • Então basicamente a coisa é assim -  Se faz a técnica Low Poo e não usa sulfatos e nem parafinas, tem que maneirar nesses finalizadores! Compreende?

Acumulo de resíduos

Fazer a técnica Low Poo de acordo com as regras de composição nos produtos aliados, garante redução de resíduos no cabelo, transformando sua forma natural e deixando o cabelo mais saudável e protegido em todos os sentidos. Porém, isso não significa que de outra maneira que faça um tratamento (sem ser a técnica Low Poo) seu cabelo não esteja protegido e também saudável.

Lógica da Técnica

A técnica foi criada por uma cacheada (Leia o livro de Lorraine Massey) e tudo meticulosamente ajeitado pra ficar de acordo com o fio crespo.
Então… pressupomos que:

  • Cacheada não faz química;
  • Cacheada não usa alta temperatura;
  • Cacheada não faz escova;


Então, fica claro que tem muitas modificações nessa técnica por conta das meninas de cabelo liso, que fazem tudo isso acima e precisam em vários momentos de produtos que contenham silicones.

O legal seria tentar fazer a técnica e ver o que dá, foi assim que muita gente se deu bem conhecendo a nova técnica de tratamento, principalmente as cacheadas.

Mas se tem cabelo liso, não faz a técnica Low Poo, tudo bem, continua sempre tratando o cabelo pra mantê-lo saudável, porque de uma coisa esteja certo, nenhum cabelo fica bonito sem tratamento.

Pesquisa:





Beijos

Tem mais aqui:


Este conteúdo é original de PnC