Babyliss é pior que chapinha!

Babyliss é pior

Oi gente! Tão boas? Aproveita a dica antes de sair de casa hoje! Porque será mesmo que o babyliss é pior que chapinha? Como saber?


A História do Babyliss

Vou contar uma experiência que passei esses dias, e dessa vez não foi só pra contar experiência aqui no Blog, minha intenção era só arrumar o cabelo de manhã sem ter que lava-lo todos os dias.


Essa semana comecei na faculdade, de manhã. 

Quem acorda cedo sabe que da maior preguiça lavar o cabelo de manhã, ainda mais no ritual que tenho de cremes e modeladores após a lavagem… com certeza ia perder a hora! 

Por isso a semana toda passei a usar babyliss, enrolando das pontas para comprimento e vice-versa. Queria que desse uma “enganadinha” naquele cabelo todo indefinido e amassado de quando acordo…


Resultado:

A temperatura pode interferir no resultado, o que comprei esquenta rápido e é maravilhoso, mas não é a questão do aparelho é a própria forma de uso que prejudica. Nesse caso é uma afirmação que babyliss é pior que chapinha e também deixa marcado!

Claro que alguns aparelhos desses mais antigos, não esquentam tão rápido ou não tem a temperatura adequada para enrolar o fio, e acaba segurando o cabelo mais tempo que necessário…

Imagina... 

Pra modelar o fio ter que ficar com o cabelo enrolado, a alta temperatura, por mais de 20 segundos!

O problema é a pinça

A pinça não favorece de maneira alguma, por isso também da pra afirmar que babyliss é pior que chapinha. 

Como a pinça não favorece e deixa o cabelo com marca, na prática também aumenta a temperatura a medida que fecha a pinça em cima do cabelo enrolado no aparelho; 

Com certeza as mais novas que vem com luva e sem pinça são melhores no manuseio. (Mentira! Queima muito mais! Eu testei a Remington)

Não da pra usar um “tantinho” só de óleo para proteção, vai ter que meter a mão no óleo mesmo, ou no produto “que for protetor térmico” e passar no cabelo, e o pior ... é que a quantidade maior de proteção com creme ou óleo pode deixar seu fio ensebado!

Se joga no spray!!! São as melhores opções para esse procedimento antes e depois.

Diferenças com a piastra:

A chapa mantem a temperatura conforme você desliza pelo cabelo, uma chapa boa né gente!! 

E essa é a maior diferença entre os aparelhos… você não para a chapa como no babyliss, não é a toa que as meninas preferem usar a chapa mais fina para fazer cachos! (Vê essa da Taiff).

Mas na hora da lavagem...

Na hora do banho, com a secura total do fio, fica difícil até espalhar o shampoo, mascara de tratamento o cabelo suga.

Na semana do babyliss usei mascara de nutrição e não deu resultado nessa secura… o cabelo mesmo após tratamento dava pra sentir a aspereza e falta de emoliência, “palha” mesmo! 

Foi com a queratina que a coisa foi boa, mas não foi pura não, foi uma mascara com principio base queratina, depois faço a resenha, essa sim depois de usa-la deixou meu cabelo no mesmo dia com outra textura e durou até outra lavagem, lembrando que lavo um dia sim e um não.

Conselho de amiga

Melhor comprar babyliss sem pinça, daqueles espirais, ou usar a chapa mesmo pra enrolar;

Se for como eu e não tiver tanta prática com a chapa compre uma pequenina e vá treinando, mas também só vai ter mais vantagem que o babyliss se não parar a temperatura no fio e, sim, ir deslizando ondulando os cachos;

Se ainda não pode comprar mas tem o babyliss ai… se joga em produtos protetores térmico manda ver no óleo no cabelo durante o dia pra deixar o fio “molinho e saudável” caso pegue demais no ressecamento.



Por isso que vemos tantas informações na hora de comprar a chapa, ou o próprio babyliss, tem que saber o que comprar, pra quando usar não ter tantos problemas no fio.

Beijos