Óleo de Coco Extra Virgem para as Hidratações.

Óleo de Coco Extra Virgem para as Hidratações.

Oi gente! Tão boas?

Sabe que eu sou lenta nessas coisas de mistura né?

Mas só testando pra saber como o tal do óleo de coco funciona para cabelos, porque ó… se usar ele pra emagrecer, vixi… eu sumo. Então fui la na vendinha de produtos natureba e trouxe o bonitinho Copra pra casa, por 25 contos, bem justo, porque já dividi com as primas, sobrinhas e a coisa nem chegou na metade, fora que elas vão usar horrores do óleo, porque vem muito mesmo.

E pra que foi usado?


Para os cabelos, claro… aquelas mascaras que não da sozinha o peso que preciso na porosidade porque, anota amor, pra loira o termo “poroso” mais comum que matizador, e faz parte da nossa rotina capilar tratar esse fio desestruturado, fino e voando na cabeça cheio de frizz.

Testei com duas mascaras, a de mandioca da Haskell que deixou meu cabelo parecendo algodão, e com a de Ojon da Novex, que sinceramente, não tem nada a ver com a de Argan, que na época super adorei, essa, foi um condicionador sem peso de cabelo tratado.

Não tem segredo na mistura, aliás, praticidade é meu sobrenome.

Pega lá um potinho de plástico (não coloca dentro da mascara!!) e coloca uma colher de sopa de creme capilar e uma colherzinha de café de óleo de coco, mistura bem, e ta pronto. Viu? Fácil né?

Óleo de Coco Extra Virgem para as Hidratações.

Quando eu uso essa mistura, lavo o cabelo duas vezes com shampoo, bem tipo limpinho pra absorver o tratamento, que é mais nutrição do que qualquer outra coisa. O resultado é muito bom, principalmente naquelas pontinhas feias que tem o fio loiro, esmigalhado sabe… fica muito bom, mas, no meu caso, cabelos finos e intercalando com outros produtos, não rola usar mais de uma vez na semana, porque enseba mesmo, e o peso que espera em tratamento vira peso parecendo cabelo sujo.

Óleo de Coco Extra Virgem para as Hidratações.

Daí né… testei de outro jeito!


  • Como Umectação: Gosto de fazer umectação antes da lavagem, porque se eu durmo com o óleo… não ha nada que tire ele do cabelo, só anti-resíduo. Na umectação o resultado também é perfeito, fios levinhos, sedosos, só que aquela mesma dica de sempre, umecta o fio uma hora antes de lavar, especialmente as pontas e depois lave com shampoo e condicionador.
  • Como leave-in: Como leave-in foi o seguinte, passei como se fosse um óleo finalizador, amassando os cachos e bem pouquinho, foi ótimo, deu brilho sem pesar, e não ficou oleoso, peguei gotinhas, e foi mais nas pontas. Também usei de outra forma e misturei ao leave-in, dai pesou, o cabelo não precisava de tudo isso de óleo no comprimento a não ser do próprio creme de pentear.


Óleo é muito bom pra porosidade, porque tipo, o cabelo suga, ganha brilho, suavidade e tal, no caso de óleos extra virgem, tem que tomar um cuidado a mais, por exemplo, o óleo natural não garante proteção solar e nem térmica, por isso, nada de alta temperatura, se for usar como leave-in tem que deixar o cabelo secar naturalmente.

Agora tem uma coisa, o óleo cheira coco puro, ou seja, se não gosta do cheiro, compra outro, porque fica viu… impregna o cheiro no cabelo, eu não ligo, até gosto, mas depende do produto que usa junto, daí força legal!

Outro detalhe, no frio, ele não é tão liquido, então quando for comprar, se for frio e o pote estiver branco, relaxa… o óleo se solidifica, só isso, da na mesma, aliás tem meninas que preferem usar assim.

Sobre os benefícios para o organismo, são vários, merece outro post, porque até pra rugas funciona, então… vou testar né?

Já usaram meninas?
Conte-me tudo!
Beijos