Cabelos dos adolescentes: Problemas e Soluções

Cabelos dos adolescentes: Queda e Crescimento

Oi gente! Tão boas?

E quem não tem um adolescente por perto pra contar uma história né?

Seja de shampoo “bomba”, ou mesmo de receita pra crescer cabelos, que uma amiga faz na casa da outra porque “ouviu não sei quem fazer” e deu certo… o boca a boca entre os adolescentes é muito rápido, a dica dada foi hoje, na manhã seguinte quase toda escola fez!!

Exageros a parte, eles se jogam mesmo, sem medo nas dicas, e até por isso que falamos com segurança sobre qualquer tipo de procedimento por aqui, todo cuidado é pouco e cada detalhe é importante para que não façam qualquer coisa no cabelo dentro de casa.

Mas é a mãe que sente medo de ver tanta coisa na cabeça da menina ( o ) e fica desesperada achando que “uma hora a coisa toda cai, e daí vai ficar careca!”.

Vamos entender do cabelo das meninas mais novas, pra entender esse mundinho deles, o que se passa com os cabelos nessa época que caem tanto! Busquei uma matéria bem legal do Tricologista Valcinir Bedin que fala exatamente sobre os cabelos na adolescência.
Sob o ponto de vista legal, a adolescência é um período da vida do ser humano que vai dos 12 aos 22 anos. Começa na puberdade e termina na fase que se chama de adulto jovem.
Já deve ter ficado desesperada com queda de cabelos ou mesmo o desejo da sua filha com relação ao crescimento dos cabelos. Tudo normal entre eles, o que não pode é sair fazendo tudo que ouvir, mas desejos não mudam, ganham força conforme vamos nos determinando a realiza-lo.

Saiba Mais:

Problemas:

E prepare-se para ouvir a verdade, mas nessa idade, a queda capilar é totalmente normal, não vão trocar de cabelos como quando eram bebes, mas essa fase é de muito desenvolvimento e de muitas alterações hormonais seja meninas ou meninos.

Então começa a enumerar: 1) alteração hormonal.

Outra coisa muito normal dessa idade é o comportamento (2) que começa a ganhar forte personalidade, e assim, na maioria, eles extravasam demais, é tudo intenso, a alegria e a tristeza, e nesses casos também o estresse, sim… também tem ansiedade, nervosismo e dores de cabeça que mais são emocionais de estresse do que propriamente uma doença. Ponto. Mais um problemão pra ajudar na queda capilar.

Depois nada mais nada menos que a alimentação (3) vai fazer enorme diferença nessa queda de cabelo, porque eles simplesmente não tem fome (como???) ou ao contrário disso comem de tudo, e nada saudável, a correria parece muito maior que a nossa, mesmo que fiquem em casa o dia todo, mas é assim mesmo!

adolescente

Soluções:

O tratamento para cabelos finos, encaracolados, secos, não mudam com a idade, precisam de rotina capilar diferenciada, assim como os cabelos oleosos que são muito comuns nessa fase.
Durante a adolescência, as glândulas sebáceas tornam-se hiperativas devido às alterações hormonais, produzindo mais óleo do que o necessário. Assim como a acne, o cabelo oleoso é geralmente uma parte temporária da puberdade. Quando um adolescente tem acne, é uma boa ideia manter o cabelo em torno de seu rosto limpo, para que os óleos do cabelo não obstruam os poros da face.
Cada cabelo uma sentença pra eles também!

Leia Também:
Se já passou por progressivas tem que ser tratado como tal, cabelos com química, assim como as descolorações, cabelos loiros e luzes, tudo é praticamente a mesma coisa, considerando que seu organismo esta em total desenvolvimento, já não tem tantos problemas associados como algumas de nós, que já excederam a dose de químicas (eu??) ou que já desgastaram o cabelo com inúmeras chapinhas e modeladores, sem proteção, tratamento, e por ai vai, sem contar que o envelhecimento também tem alterações sob nosso cabelo.

Alergias a químicas, produtos, são iguais para qualquer pessoa, aquela que é sensível vai ter reações independente da idade. 

Vamos considerar aquilo que falamos sempre, 100 fios por dia esta dentro da normalidade, tufos de cabelos perdidos e muitos cabelos no travesseiro é que devem ser investigados com diagnóstico de causa, junto ao médico.

Valcinir B. alerta sobre o corte e a quebra capilar:
Adolescentes querem que seu cabelo seja sempre comprido e brilhante, e muitas vezes lutam contra qualquer tipo de corte. O importante é informar que o corte, especialmente das pontas, vai manter o fio mais saudável, pois evita a “ponta dupla” que acaba por fraturar o cabelo, deixando-o mais curto e com menos beleza..
Quebra de cabelo - Uma das principais causas é o uso indevido de tratamentos químicos, como os tratamentos descritos acima. Mas escovar ou pentear o cabelo com muita frequência ou de forma errada (como usar um pente de dentes finos em cabelos muito grossos ou crespos) pode levar à ruptura. Às vezes, a ruptura em cabelos secos e quebradiços sinaliza um problema médico, como hipotireoidismo ou um distúrbio alimentar.
Quando me perguntam sobre milagres nos cabelos eu digo… não há!
Não tem nada no mercado que faça seu cabelo ficar intacto e sem tratamento semanal! 

Cabelo é tecido morto, precisa de um pouco de tudo, principalmente quando já esta danificado.

Mesmo que os adolescentes tenham a rapidez da informação e produtos a mão para se engajar em receitas mirabolantes, é preciso “trocar aquela ideia sabe?” se mostrar antenada dos assuntos e assim, informar dicas e truques, que não prejudicarão seu cabelo e nem sua saúde.

Beijos