Como usar a Chapinha Sem Ressecar tanto o Cabelo?

Como usar a Chapinha Sem Ressecar tanto o Cabelo?

Oi gente! Tão boas? Por mais que debatemos sobre a prancha térmica nos cabelos, só vamos chegar a uma conclusão: a danada resseca mesmo os cabelos! Então como usar a Chapinha Sem Ressecar tanto o Cabelo?

Pois é, mas a gente trata, trata e depois desanda a coisa toda na química, e se não bastasse saber tanto sobre beleza, também sabemos sobre o uso do protetor térmico, e passamos o leave-in, spray ou mousse sabe lá o que, que vá proteger a fibra do cabelo, e dá-lhe fios ressecados mesmo assim #fato.

Daí vem à história dos excessos: “Uso diariamente”.  Claro que danifica mais utilizando em excesso e diariamente, porém, vamos pensar que muitos artistas usam isso praticamente todo os dias, (fios modelados com chapinha e babyliss ficam muito melhor na foto né?) e nem todos tem um "hairstylist" a tiracolo pra deixar as madeixas sempre perfeitas quando vai ao shopping, na praça, numa festa entre amigos, etc... 

O Segredo de cabelos bonitos com prancha esta aonde? 
No próprio aparelho e como utiliza a danada em benefícios para os fios.

Claro que o fator tecnologia anda a nosso favor, e hoje os problemas que aconteciam antes, com queimaduras, já estão bem minimizados, porque em sua maioria são revestidas de cabos emborrachados que permite proteção extra contra choques como a coisa com cabos elétricos que já estão menos susceptíveis a danos e a problemas com eletricidade, .

Veja Mais:
Mesmo assim vamos lembrar que aparelhos elétricos não devem ser usados estando descalço, com o corpo molhado ou em ambiente úmido!

O Desempenho:


Como usar a Chapinha Sem Ressecar tanto o Cabelo?

Gente, o fator aquecimento este totalmente ligado à qualidade do procedimento, quanto mais quente mais alisa e também, mais danos ganha no fio! Agora imagina que mais de 80ºC nos fios já danifica, já pode causar ressecamento e quebra, me fala quanto usa na chapinha?

Por isso, que as chapinhas mais favoráveis são aquelas que pode dosar o calor, a temperatura no fio.

Chapinhas não são favoráveis em cabelos úmidos, mesmo que a chapa possua indicação pra isso, testes afirmam que os cabelos ficam mais ressecados e queimados quando utilizados dessa forma.

Ainda conta como qualidade o “abre e fecha” da chapinha, assim como o manuseio do aparelho no cabelo.

Leia Também:

Tipo de Cabelo e prancha:

    1. Cabelos longos e volumosos: Chapinhas larga;
    2. Cabelos Curtos: Chapinhas estreitas;
    3. Cabelos Finos: Deve ser passada a prancha de forma rápida, a temperatura ideal é 180ºC e 190ºC.
    4. Cabelos fragilizados: Deve ser passada a prancha somente uma vez em cada mecha a 150ºC ou menos (Ou verdadeiramente NÃO PASSAR).
A qualidade da Chapa vista pela revista ProTeste não esta somente na segurança, o tempo que aquece também é fator de qualidade.


Os testes realizados pela revista colocaram a prancha a ser utilizada em casa mesmo, não foi relatado o estilo da prancha, design, tamanho, porque o valor empreendido na matéria foi a custo de segurança.

Mas, a tecnologia da placa da pilastra também pode beneficiar o fio no atrito da temperatura direto no cabelo, por exemplo:
    1. Chapinha de Titânio: Eliminam eletricidade, fecham à cutícula e mantem a saúde do fio (desde que use proteção térmica);
    2. Chapinha Infravermelha: Elimina toxinas, ativa moléculas de agua no fio;
    3. Chapinha de Turmalina: Elimina o frizz, maior intensidade de brilho e maciez.
    4. Chapinha de Cerâmica: Desliza com maior suavidade, mantem a temperatura, economia energia.
Usando com segurança, da maneira correta, investindo em tratamentos sempre e proteção vai amenizar os danos, mas o ideal mesmo é dar ao cabelo um tempo dessa temperatura e usar quando realmente for necessário.
    Beijos
    Fonte de ajuda ao post: Revista ProTeste
    Este conteúdo é original de PNC: Como usar a Chapinha Sem Ressecar tanto o Cabelo?