Soap Cap e Shampoozada, saiba as diferenças!

Oi gente! Tão boas? Tem alguns procedimentos que já estamos familiarizadas, é aquela dica da net que da certo pra uma e todo mundo acaba fazendo, coisa do soap cap e shampoozada. Já testei os dois e nunca coloquei as diferenças, na verdade o conteúdo principal das duas coisas é sobre o tom do cabelo, porém um é para remover pigmentos e o outro era usado alguns anos atrás para matizar e dar brilho no cabelo.

Vale alertar que as duas químicas não podem fazer juntas por conta dos desgastes do oxidante que vai nos dois procedimentos.



O soap cap já existe faz bastante tempo sendo um procedimento realizado até por profissionais para limpeza de cor direto no lavatório, a shampoozada é a alternativa que tinhamos antigamente pra matizar o cabelo e fazer um banho de brilho rápido.

Estes procedimentos não são tão utilizados atualmente por conta da grande variedade de cosméticos que já fazemos uso tanto para matização quanto para remoção de pigmentos.

O pior de achar dica na net é se jogar sem confrontar as opções atuais achando que tem milagre em toda receita indicada, e muitas vezes o que ganha é só desgaste no fio, além de ganhar outros problemas como desbotamento, cabelo manchado e ressecado. E tem mais… quase nunca sabemos lidar com as neutralizações de cores no cabelo, imagina fazer uma shampoozada e o cabelo ficar dourado? Resolve como? Ou fazer um soap cap e a coisa toda desbotar para o amarelo? Pense bem antes de fazer em casa sem auxilio de um profissional!!!

Mas já que tem a dica, sabendo a diferença fica claro entender pra que serve cada um e qual vai ajudar na limpeza do cabelo chumbado, qual vai ajudar a tirar a cor que esta impregnada e não deu certo, e qual não deve ser mais utilizada.

Vale alertar que o soap cap e shampoozada não deve ser utilizado por quem tem progressivas pois pode realmente interferir no resultado da progressiva e até pior, deixar cabelos elásticos dependendo do estado do cabelo e da incompatibilidade de químicas.

Soap Cap


O soap cap eu utilizei para remover pigmentos cinzas de um cabelo chumbado, como a foto ali em cima, esta nesse post aqui o cabelo, e a explicação do soap aqui. Também já utilizei para remover uma matização feita em salão com tinta preta. A receita leva shampoo, agua oxigenada e descolorante, já fiz com descolorante mas das ultimas vezes foi sem descolorante, sei que meu cabelo já é poroso pelas colorações superclareadoras e por isso só utilizo o shampoo e a agua oxigenada. Como diz a Maysa, eu prezo pela saúde do cabelo mais que a cor, e sabendo que teria que colocar uma química forte como a agua oxigenada achei que já era o suficiente para remover tons.

A receita: Shampoo + OX (agua oxigenada) + Descolorante

Pra quem da certo?

Pra remoção de cor indesejada, como a tinta preta no meu cabelo loiro que ficou roxa, então a opção pelo soap cap foi para remover esse pigmento, para o cabelo chumbado também ajuda, porém, não remove alaranjados e acobreados isso nos cabelos loiros é saturação de tinta sobre tinta, (leia este post sobre saturação e aqui da tinta sobre tinta) os pigmentos que o soap cap remove são superficiais.

Shampoozada


A shampoozada foi feita com intuito de dar uma reavivada na cor e tentar uniformizar. A receita leva descolorante mas fiz da forma mais amena possível, sem descolorante, para garantir a integridade da fibra capilar, contei aqui quando fiz. Pra fazer era só misturar tudo e fazer uma lavagem com a mistura no cabelo, 

Receita: 1 colher de tintura (próxima ao tom do seu cabelo) + 1 colher de ox de 10 vol. + Shampoo neutro (adicional de uma tampinha de carga de queratina)

Naquela época era o que fazíamos para “matizar” o cabelo de uma maneira rápida. A mistura toda danifica o cabelo sim, pelo oxidante e a tintura, e por isso é usada numa pausa de 5 minutos. Hoje em dia é uma receita que nem vale a pena fazer, até porque tem máscaras pigmentadoras que reavivam a cor e tonalizantes sem amônia que dão o resultado até melhor que a shampoozada, além disso não são todos tons que uniformizam, e também não cobre fios brancos, não cobre raiz escura.

Atualmente shampoozada não rola!


Os dois procedimentos não tem mais a mesma facilidade que antes, hoje em dia usa-se muitas químicas no fio, é relaxamento, progressiva e alisamentos muitas vezes feito em casa e sozinhas com aqueles kits de caixinha que são vendidos em perfumarias, enfim, se jogar nessas coisas é ganhar cabelos fracos, quebradiços e até elásticos, não tem mais a necessidade de usar, a não ser o soap cap que pode realmente fazer diferença na remoção de pigmentos.

Nenhum dos procedimentos remove ou cobre tons alaranjados, acobreados.

Indicar esses procedimentos é praticamente um “tiro no escuro”, porque não sabe quem do outro lado pode estar fazendo!! O máximo que pode-se fazer é aconselhar os cuidados para que não façam sem a informação correta.

Beijos